como seu corpo reage depois de parar de tomar anticoncepcional

18 comentários
Ilustração de mulher de frente, utilizando um body, turbante na cabeça, segurando uma rosa nas mãos que estão na frente da virilha

Dizer que a pílula anticoncepcional abalou as estruturas do universo feminino parece simples demais quando olhamos para a história! A invenção de um comprimido tão pequenino trouxe um impacto gigantesco na vida das mulheres, principalmente quando falamos sobre regulação da menstruação, hábitos sexuais, emancipação feminina no mercado de trabalho e o poder de decidir "se" e "quando" a maternidade virá.

A euforia que os anticoncepcionais hormonais proporcionaram às mulheres dos anos 1960 foi se tornando algo habitual e cotidiano com o passar das décadas. Porém, hoje em dia, enxergamos um movimento contrário em que a frase "parei de tomar anticoncepcional" vem acompanhada da busca pelo autoconhecimento e outros métodos contraceptivos com um menor número de efeitos colaterais para o corpo feminino.

Independente do motivo que te levou a parar com os anticoncepcionais, é importante entender como seu organismo irá se comportar durante o período de adaptação para que você viva esse momento com mais tranquilidade. Se conhecimento é poder, vamos aprender juntasdicas incríveis para lidar com as belezas (e os incômodos!) de parar com os anticoncepcionais. Vamos lá?

Quando direi adeus aos efeitos do anticoncepcional?

Ao suspender o uso do anticoncepcional, o seu corpo começará a sentir os efeitos da ausência dos hormônios artificiais que inibem a ovulação nas duas semanas seguintes à interrupção do uso. Isso quer dizer que o corpo feminino levará um tempo para reconhecer que a quantidade habitual de hormônios que inibem a ovulação não será mais fornecida por um fator externo e que ele mesmo deverá voltar à produção para garantir o funcionamento correto do organismo.

Esse período acontece de formas diferentes para cada mulher, podendo se estender por até 1 ano. Mas por que um tempo tão longo assim? O motivo está em dois fatores. Primeiro, é preciso considerar há quanto tempo você faz uso ininterrupto do anticoncepcional. Segundo, cada corpo tem seu próprio ritmo, ou seja, o desafio aqui é redescobrir qual é o seu!

Ah, e não podemos esquecer que a demora para os efeitos do anticoncepcional irem embora de vez também varia de acordo com o tipo de medicação. Pílulas, injeções, anel vaginal, DIU e diversos outros anticoncepcionais têm poderes de ação diferentes no organismo. Logo, é natural que o corpo reaja de modo único em cada caso, não é mesmo?

Como o meu corpo reagirá quando eu parar de tomar anticoncepcional?

Prepare-se, pois a lista de mudanças que seu corpo apresentará no período de adaptação não é pequena. Mas, respira fundo e segure a nossa mão! Nós do blog da Pantys vamos detalhar os efeitos mais comuns que a falta de anticoncepcional no seu corpo pode se manifestar no seu dia a dia. Assim, você se sentirá mais confiante para lidar com as mudanças que virão!

O seu ciclo menstrual irá mudar

Amigas, pensemos juntas: se o anticoncepcional atua na inibição da ovulação, a menstruação deixa de acontecer no período em que os hormônios artificiais estão presentes na corrente sanguínea.

Quando não há mais esses agentes externos para dizer ao seu corpo quando ele não deve enviar um óvulo ao útero, o seu ciclo menstrual fica desregulado até que seu organismo retome a produção natural e normalize os níveis dessas substâncias.

Durante esse período de adaptação, é normal ficar sem menstruar por dois meses seguidos ou menstruar mais de uma vez no mês. Afinal, leva tempo para colocar ordem na sua "casa"! Vá anotando as datas das menstruações e converse com sua ginecologista para entenderem juntas como é o seu novo ciclo menstrual.

Essa situação é perfeita para ser encarada como uma oportunidade de autoconhecimento! Olhe com atenção para seu corpo, reaprenda sobre o funcionamento do seu útero e perceba como seu organismo reage a tudo aquilo que você ingere ou deixa de ingerir.

Haverá mudanças no seu peso

É comum ouvir relatos de mulheres que passaram a tomar anticoncepcionais sobre se sentirem mais inchadas após o uso do medicamento. Isso se deve à retenção de líquidos que o método contraceptivo pode causar!

Por isso, quando você decide parar de tomar esse método contraceptivo, um dos primeiros efeitos é a perda de peso. Contudo, o aumento do apetite e desejo por doces, além da indisposição para se exercitar são outros fatores que também decorrem da falta do anticoncepcional. Ou seja, é esperado uma variação do seu peso nos próximos meses.

Para evitar que a mudança nos números da balança seja sinônimo de insatisfação com o próprio corpo e má alimentação, temos dicas importantes! Invista nas idas à feira para garantir a sua porção diária de frutas, cereais integrais, verduras e outros alimentos ricos em cálcio, magnésio e vitamina B6. Além disso, vença a falta de ânimo com altas doses de endorfina que os exercícios físicos proporcionam!

As cólicas menstruais podem voltar

Agora que o tecido do seu útero ficará mais espesso durante o ciclo menstrual, é natural que a dor provocada pelas cólicas atrapalhe o seu desempenho durante o dia. Sabemos que essa informação assusta, mas há alternativas eficazes para não deixar que as cólicas menstruais voltem a te assombrar!

As dicas das nossas avós valem ouro nesse momento: coloque uma bolsa térmica com água quente na região da barriga e da lombar e procure se aquecer calçando meias e evitando o piso frio. Acredite, essa sabedoria popular tem um embasamento científico! Ao manter a temperatura corporal mais quente, você ajuda o útero a relaxar, conseguindo alívio nas dores sentidas.

Caso a cólica esteja muito forte, anti-inflamatórios como ibuprofeno e ácido mefenâmico são ótimos para diminuir os sintomas. Mas, lembre-se, amiga: é importante que você consulte seu médico antes de se automedicar!

Atente-se para suas oscilações de humor

Chegou o momento de reencontrar aquela velha conhecida: a tensão pré-menstrual. Apesar de cada mulher senti-la de maneiras diferentes, a TPM geralmente vem acompanhada de variações de humor, maior sensibilidade e alterações na qualidade do sono.

Como forma de vencer a intensa alteração hormonal que ocorre durante o ciclo menstrual, você pode adquirir certos hábitos que são excelentes para te fazer relaxar! Inclua alimentos considerados calmantes na sua alimentação como maracujá, chá de camomila e chocolate meio amargo.

Outro método para te ajudar a equilibrar as emoções que estão à flor da pele é a prática da meditação! Para saber mais sobre essa atividade super relaxante e introspectiva, leia o nosso post completo sobre o assunto: "descubra quais são os benefícios da meditação e diferentes tipos de prática".

Sua pele mudará de aspecto

Enquanto alguns anticoncepcionais provocam mais oleosidade e espinhas, há outros cuja formulação beneficia com uma pele sem obstrução de poros e mais seca. Seja qual for o caso do anticoncepcional que você interrompeu o uso, tenha em mente que a sua pele mudará devido a variação hormonal do seu corpo!

Para lidar com a nova aparência da sua pele, principalmente a do rosto, é uma boa ideia se dedicar a novos hábitos de limpeza e hidratação pela manhã e antes de dormir. Com a ajuda de um dermatologista, encontre sabonetes adstringentes e cremes específicos para essa nova fase da sua pele. Outro elemento importantíssimo na sua skincare é a hidratação, ou seja, leve a garrafinha de água para todos os lugares!

Libido e pelos no corpo podem aumentar

Com a normalização dos níveis hormonais que seu corpo passa a produzir sozinho, o aumento na quantidade de pelos pode ser um dos efeitos colaterais que venha a surgir.

Antes de correr para a clínica de depilação mais próxima ou testar receitas de clareamento de pelos, que tal refletir um pouquinho sobre a sua relação com a presença de pelos em seu corpo? Vocês os associa a sujeira ou proteção? Aproveite o momento para entender até que ponto os pelos te incomodam e quais os motivos por trás disso se é gosto pessoal ou pressão estética exercida pela nossa sociedade ocidental.

A libido feminina, entendida como vontade de fazer sexo, também é uma questão que pode sofrer alterações quando se resolve parar de tomar anticoncepcionais. Como o hormônio testosterona não é mais limitado pela medicação, o corpo feminino passa a sentir maior apetite sexual. O que pode explicar a sua libido baixa quando você fazia uso ininterrupto desse tipo de método contraceptivo!

Secreções na calcinha serão mais comuns

A produção natural de estrogênio refletirá na umidade da sua região íntima. O que isso quer dizer na prática? Ao ter contato íntimo, você se sentirá mais úmida no canal vaginal, assim como será comum ver secreções na calcinha.

Aqui, vale uma atenção especial! É importante reparar na coloração e no cheiro dessas secreções para entender os sinais de funcionamento do seu aparelho genital! Outra dica excelente é cuidar da higiene íntima com uma limpeza sem produtos agressivos para a região e garantir a troca da calcinha após os banhos.

Maior facilidade para engravidar

Falamos lá no início que o corpo feminino leva um tempo para retomar o seu próprio ritmo de produção hormonal sem a influência de elementos artificiais. Cortar o método contraceptivo é o primeiro passo para possibilitar que o óvulo seja fecundado após a relação sexual. Contudo, não é tão simples assim! Durante esse processo de adaptação, o desejo de engravidar pode demorar um pouco para se concretizar.

Se a vontade de ser mãe é uma das motivações que te levaram a interromper o uso do anticoncepcional, está na hora de aprender como você pode ajudar o seu corpo a se preparar para um momento tão importante como a gravidez.

Você já ouviu falar nos alimentos que aumentam as chances de engravidar? Sim, eles existem e possuem nutrientes essenciais como zinco e vitamina B para auxiliar no ciclo de amadurecimento dos óvulos, no aumento do fluxo sanguíneo do seu órgão sexual, assim como promover a eliminação definitiva dos efeitos que o anticoncepcional criou no seu organismo.

Complemente sua dieta para engravidar com ovos, frutas cítricas, peixes, brócolis, semente de girassol e quinoa! Junto com o acompanhamento de um especialista médico, você aumentará as chances de viver o sonho da gravidez.

Conte para nós, você curtiu o conteúdo de hoje? Compartilhe sua experiência com os anticoncepcionais nos comentários desse post! Aqui no blog da Pantys, criamos um espaço acolhedor para aprender novos assuntos e refletir com muito carinho e responsabilidade sobre o lindo universo feminino!

Aproveite e leia também o conteúdo "Anticoncepcional pós parto: qual é a melhor opção?" para continuar seu aprendizado sobre métodos contraceptivos e o corpo feminino!


18 comentários


  • Yasmin

    Gostei muito das info, pois parei de tomar Adoless faz um mês e pouco e to passando por alguns simtomas. Tomava ele desde 2021, parei agora no final de abril/comecinho de maio de 2024 e venho sentindo enjoo todos os dias, não durmo bem, n to comendo bem, muito estresse e o libido voltou. To ficando maluca pq sempre tive enjôo e tudo, mas agora ta bizarro. É horrível pensar q até pra parar com o anticoncepcional a gente sofre, mas espero que passe e de tudo certo. <3
    ———
    pantys replied:
    Sua solicitação (100605) foi atualizada. Para adicionar mais comentários, responda a este email.

    jana (pantys)

    17 de jun. de 2024, 10:49 BRT muito obrigada por compartilhar com a gente a sua história Yas 🌸 desejo melhoras pra ti, mas caso continue com esses sintomas recomendamos que procure sua ginecologista tá bem?

    Sunny

    11 de jun. de 2024, 10:03 BRT


  • 𝙲𝚊𝚛𝚘𝚕𝚒𝚗𝚊

    𝙶𝚘𝚜𝚝𝚎𝚒 𝚋𝚊𝚜𝚝𝚊𝚗𝚝𝚎 𝚍𝚘 𝚙𝚘𝚜𝚝 𝚙𝚘𝚒𝚜 𝚙𝚊𝚛𝚎𝚒 𝚍𝚎 𝚝𝚘𝚖𝚊𝚛 𝚘 𝚊𝚗𝚝𝚒𝚌𝚘𝚗𝚌𝚎𝚙𝚌𝚒𝚘𝚗𝚊𝚕 𝚓𝚊 𝚟𝚊𝚒 𝚏𝚊𝚣𝚎𝚛 2 𝚖𝚎𝚜 𝚎𝚜𝚜𝚎 𝚖𝚎𝚜 𝚎 𝚖𝚒𝚗𝚑𝚊 𝚖𝚎𝚗𝚜𝚝𝚛𝚞𝚊çã𝚘 𝚟𝚎𝚗𝚑𝚘 𝚌𝚎𝚛𝚝𝚒𝚗𝚑𝚘 𝚗𝚘 𝚖𝚎𝚜 𝚍𝚎 𝚖𝚊𝚒𝚘 𝚖𝚊𝚒𝚜 𝚍𝚎𝚙𝚘𝚒𝚜 𝚚𝚞𝚎 𝚙𝚊𝚛𝚎𝚒 𝚎𝚜𝚝𝚘𝚞 𝚜𝚎𝚗𝚝𝚒𝚍𝚘 𝚍𝚘𝚛𝚎𝚜 𝚗𝚘𝚜 𝚜𝚎𝚒𝚘𝚜 𝚌𝚘𝚖𝚘 𝚜𝚎 𝚝𝚒𝚟𝚎𝚜𝚜𝚎 𝚎𝚗𝚌𝚑𝚎𝚗𝚍𝚘 𝚙𝚊𝚛𝚊 𝚙𝚛𝚘𝚍𝚞𝚣𝚒𝚛 𝚕𝚎𝚒𝚝𝚎 𝚎 𝚏𝚒𝚌𝚘 𝚙𝚛𝚎𝚘𝚌𝚞𝚙𝚊𝚍𝚊 𝚓á 𝚏𝚞𝚒 𝚗𝚊 𝚐𝚒𝚗𝚎𝚌𝚘𝚕𝚘𝚐𝚒𝚜𝚝𝚊 𝚎𝚕𝚊 𝚖𝚎 𝚒𝚗𝚏𝚘𝚛𝚖𝚘𝚞 𝚚𝚞𝚎 𝚏𝚘𝚒 𝚙𝚚 𝚙𝚊𝚛𝚎𝚒 𝚏𝚎 𝚝𝚘𝚖𝚊𝚛 𝚘 𝚛𝚎𝚖é𝚍𝚒𝚘 𝚎𝚞 𝚝𝚘𝚖𝚊𝚟𝚊 𝚘 𝚖𝚒𝚌𝚛𝚘 𝚅𝚒𝚕𝚊𝚛
    ———
    pantys replied:
    Sua solicitação (74957) foi atualizada. Para adicionar mais comentários, responda a este email.

    jana (pantys)

    10 de jun. de 2024, 14:48 BRT obrigada por compartilhar com a gente a sua história Carol 🌸 ficamos felizes que tenha gostado do artigo e que já procurou pela sua ginecologista 🌹✨

    Sunny

    4 de jun. de 2024, 10:03 BRT


  • Tâmara Fonseca

    Olá
    Eu vim conferir também
    Amei o post
    Eu estou com sintomas de gravidez e não estou grsc pelo menos é o que diz os testes
    Desde 2019 venho tomando depo proverá Parei de tomar em dezembro 2023 até agora ainda não desceu, além desses sintomas sinto minha barriga inchada vzs sim vzs não e seio saindo líquido.
    ———
    pantys replied:
    Sua solicitação (49320) foi atualizada. Para adicionar mais comentários, responda a este email.

    Janainny (pantys)

    3 de jun. de 2024, 12:23 BRT oii bom dia tudo bem? 🥰 muito obrigada por compartilhar com a gente sua experiencia 🌹 recomendamos que caso os sintomas permaneçam procure um profissional da saúde ❤️

    Sunny

    28 de mai. de 2024, 10:02 BRT


  • Joiele

    Sempre fui magra, e quando parei de tomar contracp emagreci muito mais


  • Lígia Andrade

    Não sou de comentar, mas, foi perfeito!!
    Texto objetivo e claro, muito obrigada!!


deixe um comentário

os comentários precisam ser aprovados antes de postarmos, ok?

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.