fase três: ovulatória | lua cheia | verão

fase três:  ovulatória | lua cheia | verão

Esse mês, aqui no Blog, estamos falando sobre as 4 fases do nosso ciclo menstrual sob várias perspectivas: desde hormonal até cósmica, buscando entender os efeitos do ciclo sobre a gente e assim ser mais compreensivas com essas 4 mulheres diferentes que podemos ser.

Para entender melhor do que estamos falando e também o texto de hoje, recomendamos voltar e ler os textos anteriores (vale muuuito a pena!):

#SomosCíclicas Fase 1 - Menstruação

#SomosCíclicas Fase 2 - Folicular
 

Se você já leu o os textos sobre as duas fases anteriores, é só seguir viagem aqui mesmo!

Para começar, é sempre importante relembrar as 4 fases principais do ciclo menstrual:

Fase 1: Menstruação

Fase 2: Folicular

Fase 3: Ovulação

Fase 4: Lútea

 

Vamos recapitular: na Fase 1, os hormônios estavam todos baixos (lembra que era Inverno?); na Fase 2, eles começaram a aumentar (Lua Crescente), começamos a nos sentir mais dispostas.

E agora, na Ovulação, os hormônios continuam aumentando até chegar a um pico. O auge do LH (Hormônio Luteinizante) faz o folículo dominante, que abriga o óvulo, se romper e liberar um óvulo maduro do ovário! Esse rompimento acontece, em média, um dia depois desse pico de LH. E é exatamente isso que é a ovulação: a liberação do óvulo maduro do ovário para as trompas! Simples e poderoso. (O próximo destino desse óvulo é o útero, mas isso é papo para a próxima fase).

Uma informação importantíssima que falamos na fase passada, mas que merece ser relembrada, é que, diferente dos homens, que produzem espermatozóides periodicamente, nós, mulheres, já nascemos com todos os nossos óvulos, formamos eles lá na barriga da nossa mãe. Porém, eles não são “desenvolvidos”, então fisiologicamente a função de cada ciclo menstrual é amadurecer e liberar um óvulo por ciclo para que eles possam ser fecundado e claro, além disso, o nosso ciclo acontece também para equilibrar o nosso corpo, como tudo na natureza. Demais, né?

O nosso ovário cria folículos que viram uma espécie de casquinhas cheias de fluídos para abrigar o óvulo e protegê-lo até ele amadurecer. Durante a fase anterior, todos os folículos foram estimulados pelos hormônios, mas um respondeu mais e esse é o chamado folículo dominante, ou seja, o que vai conseguir, de fato, amadurecer o óvulo que está dentro dele e que agora será liberado dos ovários para as nossas trompas. Uau!

Ovulação e período fértil: atenção, atenção!

E aqui na fase 3, quando falamos que estamos “ovulando”, estamos liberando esse óvulo madurinho dos nossos ovários para as nossas trompas, certo? (a gente sabe que está sendo repetitiva, mas é pra fixar essa mágica que aconteceu). Por isso, os dias mais férteis de uma mulher são o dia da ovulação e o dia anterior: uma mulher só pode engravidar se esse óvulo maduro que foi liberado na ovulação for fecundado em 24h. Mas é aqui que muita gente se engana, pois o período fértil dura, em média, 6 dias. Mas por que não apenas 2 dias? Lembra do muco que começou a ficar mais abundante e viscoso na fase anterior e também nessa? Esse muco, associado à diversos outros fatores dessa fase, é capaz de manter vivo os espermatozóides por um média de 5 dias, então, se você teve uma relação sexual desprotegida antes ou depois da ovulação, os espermatozóides podem estar vivos ainda e fecundarem esse óvulo maduro que só foi liberado agora, resultando em gravidez. Por isso a duração do período fértil é na verdade uma semana, enquanto a ovulação, apenas um dia – que é o dia mais fértil de todos!

Sempre ouvimos falar que nossa ovulação acontece no 14º dia, mas essa é só uma média considerando um ciclo de 28 dias, é preciso ficar atenta porque cada uma de nós geralmente tem uma duração de ciclo diferente e esse dia principal de ovulação acontece na metade desse ciclo.

Agora vamos conhecer um pouco mais dos sintomas mais comuns dessa fase.

Sintomas da mulher ovulando

Muco transparente e elástico 

Em geral, alguns dias antes da ovulação, nossa secreção se torna mais transparente, viscosa e elástica, muito parecida com clara de ovo, e também pode começar a aparecer em maior quantidade. Tudo isso para favorecer os espermatozóides a chegarem até o nosso útero e encontrarem nosso óvulo maduro. Por isso, nessa fase, se não quiser engravidar, é essencial atenção máxima aos métodos contraceptivos! Uma dica: a melhor hora para observar o muco é após o primeiro xixi da manhã.

Pontada de Mittelschmerz

Nessa fase, algumas mulheres dizem conseguem sentir e reconhecer uma pontada de dor no momento exato da ovulação, a chamada Pontada de Mittelschmerz. Embora o nome seja estranho, essa pontada pode ser sua velha conhecida, ela é uma dor repetina bem na parte baixa da barriga, que acontece na metade do ciclo – essa dor vem desse rompimento, esse “furo” que o óvulo faz nos ovários para sair dele para as trompas. Quem sabe se a gente ficar de olho, não começa a perceber, né?

Beleza, disposição e libido

Lembra que na Fase 1, Menstruação, nossos hormônios estavam baixinhos e a gente estava meio sem energia, precisando de uma pausa e recolhimento? Agora é ao contrário desse começo do ciclo: os hormônios cresceram na Fase 2 e estão altíssimos circulando no nosso sangue, por isso sentimos uma energia maravilhosa, sentimos nossa pele mais brilhante, nossa libido aumenta e os orgasmos podem ser mais intensos! Tudo isso é a perfeição do nosso corpo nos incentivando a “aproveitar” o óvulo que está maduro e pronto para ser fecundado – mas a gente aproveita como quiser, né?  

Já deu pra entender um pouco porque associamos essa Fase ao Verão e à Lua Cheia, né? Mas vem entender mais dando o play na maravilhosa Kareemi que você vai sacar tudinho tudinho:

Como disse a Kareemi, enquanto na fase 01 foi bom planejar, na fase 02 começamos a dar forma a nossos planos. É hora de tomar iniciativa e ir com tudo: realizar. Essa é a época do ciclo que nos sentimos no nosso auge não só de beleza, mas de raciocínio e agilidade, afinal, nosso corpo está funcionando perfeitamente para multiplicar a vida. Lua cheia, exuberante, é a hora de botarmos nosso corpo no mundo, estamos brilhando, é a fase que temos mais poder e influência para realizarmos mais coisas.

Ela é associada ao verão também por conta das temperaturas elevadas. O alto nível de progesterona aumenta nossa temperatura corporal, o que pode ser geralmente visto por meio de um termômetro basal (aquele que mostra as casas decimais).

Não é perfeição pura?

Na Fase 1, menstruamos, na Fase 2, começamos a amadurecer o folículo que abriga o óvulo, na Fase 3, liberamos o óvulo maduro, estamos cheias e solares. No próximo (e último) texto dessa série, vamos conhecer a Fase 4: Lútea, nosso Outono com Lua Minguante.

Até a próxima semana, amigas!

 

#GinecologiaEmocional: A Kareemi é facilitadora da Ginecologia Emocional e desenvolveu um workshop inteirinho com conhecimentos aprofundados sobre o tema. O curso é online e ela disponibilizou um desconto pra gente <3 É só clicar aqui e colocar a hashtag #somoscíclicas.

 

#Diálogos: aqui, tentamos deixar o mais didático possível todas as informações, o objetivo não é dar uma aula de medicina ginecológica e sim dialogar com vocês, até por isso gostamos de misturar tudo: medicina, misticismo, todas as visões possíveis… e, para isso acontecer e caber em um texto, a gente adaptou algumas terminologias complicadas e conceitos médicos. Mas é importante lembrar que nada substitui a leitura de livros didáticos e a visita a um médico ginecologista! E, caso queira conversar ou dar alguma sugestão, estamos sempre aqui (:

 



últimos posts

lua vermelha: nossa criatividade cíclica
lua vermelha: nossa criatividade cíclica

A dica de hoje é o incrível livro de Miranda Grey, Lua Vermelha, que traz nosso ciclo menstrual como um ciclo criativo e nos mostra como ampliar nosso poder de criar coisas novas.

ler mais >
leve, intenso ou moderado? normal!
leve, intenso ou moderado? normal!

Só a observação e o autoconhecimento pode nos ajudar a entender de vez qual a intensidade do nosso ciclo, aqui damos algumas dicas práticas de como saber a classificação do seu.

ler mais >
plantando a lua com minha Pantys
plantando a lua com minha Pantys

Hoje ensinaremos como usar sua Pantys para Plantar a Lua: ou seja, como entregar seu sangue à terra e florescer um ciclo novinho em folha.

ler mais >

cool. absorbing. obvious.

qual é o meu tamanho?