melhor para as pessoas

pobreza menstrual

a ONU afirma que o acesso a produtos menstruais se enquadra como uma questão de saúde pública. Mas a pobreza menstrual é uma realidade para aproximadamente 550 milhões de mulheres e meninas no mundo.

tabu da menstruação

até os dias de hoje, a menstruação é vista como tabu e anti-higiênica, causando insegurança e vergonha nas pessoas. até 2016, a maioria das empresas responsáveis pelo mercado de higiene íntima retratavam o sangue menstrual com um líquido azul como forma de “esconder” a menstruação.

saúde

não houve inovações pensadas para a saúde e qualidade de vida das mulheres por anos no mercado de higiene feminina, por isso existiam poucas alternativas ou soluções para infecções e alergias causadas por absorventes descartáveis.

você sabia que a pantys foi uma das marcas pioneiras em mostrar a menstruação com a cor vermelha e não azul, além de diferentes tipos de corpos em comunicações de produto menstrual e roupa íntima?

desde o início, assumimos o compromisso de honrar diferentes corpos. por isso, nossa grade de tamanho vai do 10 ao xxgg (54).

mais de 90% dos nossos consumidores e 92% dos nossos colaboradores são mulheres, por isso nosso sonho do coração é tornar o ambiente ao nosso redor cada vez mais igualitário, empoderando a comunidade maravilhosa de mulheres que nos cerca.


a partir do programa de doações da pantys, criado em 2019, levamos calcinhas absorventes à mulheres que vivem em estado de vulnerabilidade social e não tem acesso a produtos de higiene íntima. acreditamos que tão significativo quanto levar essa oportunidade de mudar a relação com o ciclo menstrual para mais mulheres, é fazer isso de forma coletiva, trazendo pra perto de cada uma a sensação revolucionária que é ajudar ativamente outra mulher. <3



ainda sobre pobreza menstrual, o acesso á informação também é uma barreira na busca por um ciclo mais saudável. muitas mulheres não tem condições de ir a um ginecologista ou receber educação sobre seu corpo e sexualidade, por isso unimos ginecologistas e criamos o portal da menstruação: uma plataforma digital para levar o acesso á informação relacionada á saúde da mulher pautada em 5 grandes áreas: fases do ciclo, saúde íntima, menstruação, tpm e sintomas.

em média, homens ganham 15% a mais que mulheres

 

1962 > ano que mulheres tiveram o direito de abrir conta bancária no Brasil.


existem muitas formas de lutar pela liberdade e igualdade de gênero, o acesso ao dinheiro e distribuição de renda foi realizado de forma desigual entre homens e mulheres durante muito tempo, gerando uma desigualdade financeira que permanece até os dias de hoje.

pensando nisso, em março de 2020, nos unimos com Carol Sandler, a fundadora do finanças femininas, maior plataforma de empoderamento através de educação financeira, para levarmos esse conhecimento para nossa rede.

o programa é composto por cinco módulos que cobrem temas como: a relação com o dinheiro, abrindo uma conta bancária, usar o crédito ao nosso favor, orçamentos organizados e planejamento financeiro para alcançar metas. o objetivo principal foi criar um conteúdo com linguagem clara e de fácil entendimento para todos, ajudando a transformar realidades.


somos a primeira e única marca de calcinhas absorventes clinicamente testada e aprovada do mundo! \o/ siiim, do mundo todinho! essa conquista é muuuito importante já que prezamos tanto pela saúde e segurança da mulher!


como grande pilar da pantys, os indicadores de diversidade interna passaram a ser rastreados em 2020.

medir é o primeiro passo para criarmos metas de um ambiente de trabalho diverso e inclusivo.


todos os dias mulheres cruzam a fronteira de entrada no país buscando refúgio no Brasil. a realidade para esse grupo não é fácil, elas encaram barreiras econômicas, culturais e de comunicação impedindo o alcance de uma qualidade de vida melhor. com o objetivo de criar oportunidades e empoderar esse grupo de mulheres, criamos o projeto interno “empoderando mulheres refugiadas” que consiste em disponibilizar vagas anualmente direcionadas especificamente às mulheres em situação de refúgio no Brasil.

nosso compromisso público com os princípios de empoderamento da mulher da ONU nos guiam em uma estratégia que tem por meio de liderança, inclusão, desenvolvimento e educação, alcançar o empoderamento das mulheres no ambiente de trabalho.

nosso compromisso público com os princípios de empoderamento da mulher da ONU nos guiam em uma estratégia que tem por meio de liderança, inclusão, desenvolvimento e educação, alcançar o empoderamento das mulheres no ambiente de trabalho.

1. estabelecer liderança corporativa sensível à igualdade de gênero, no mais alto nível.

2. tratar todas as mulheres e homens de forma justa no trabalho, respeitando e apoiando os direitos humanos e a não-discriminação.

3. garantir a saúde, segurança e bem-estar de todas as mulheres e homens que trabalham na empresa.

4. promover educação, capacitação e desenvolvimento profissional para as mulheres.

5. apoiar empreendedorismo de mulheres e promover políticas de empoderamento das mulheres através das cadeias de suprimentos e marketing.

6. promover a igualdade de gênero através de iniciativas voltadas à comunidade e ao ativismo social.

7. medir, documentar e publicar os progressos da empresa na promoção da igualdade de gênero.

cool. absorbing. obvious.