estereótipos de gênero: o que são, como nos afetam e como combater


Não tem jeito, os estereótipos de gênero afetam todo mundo: homens, mulheres e non-bináries! As mulheres, com certeza, são o grupo que mais sofre com eles e, por isso, eliminá-los é uma grande bandeira feminista. Mas, como muita gente só conhece esse conceito superficialmente, fica difícil lutar e argumentar, né? E tudo bem! Ninguém nasce sabendo, viu? Mas é importante demais nos debruçarmos nesse assunto!

Por isso, hoje a gente te chama para passar um tempinho aqui aprendendo um pouco sobre os estereótipos de gênero e, principalmente, os estereótipos femininos. Continue lendo e veja o que são esses estereótipos, alguns exemplos bem comuns do nosso dia a dia, o que eles afetam e como a gente pode agir para acabar com eles. Olha só:

o que são estereótipos de gênero?

Se a gente olhar no dicionário, "estereótipo" é uma ideia ou conceito que se estabelece como padrão. Trazendo para a esfera do gênero, os estereótipos são aquelas expectativas sobre homens e mulheres de como eles devem agir, quais papéis devem cumprir ou quais características devem possuir.

Olha só alguns exemplos para ficar mais fácil:

  • a ideia de que homem não pode chorar pois tem que ser forte;
  • mulheres são "naturalmente" mais cuidadosas, o que faz delas ótimas para cuidar das tarefas de casa e da família;
  • mulheres são muito emotivas e não podem ocupar lugares de liderança, porque são menos racionais e não conseguem tomar decisões;
  • o homem precisa ser a cabeça da família, prover todas as necessidades e, por isso, é inaceitável uma mulher receber mais do que o seu marido.

Nada a ver, né? E olha que esses são pouquíssimos exemplos, já que as expectativas de gênero estão tão intrínsecas na cabeça da maioria das pessoas que é difícil encontrar uma situação social que não receba influência dos estereótipos de gênero. Complicado, né?

É importante lutar para acabar com esses conceitos e expectativas que afetam pessoas de todos os gêneros. Inclusive, esse é um trabalho que a gente tenta fazer de forma recorrente aqui no blog. Um exemplo nosso é o post em que a gente quebra aquela ideia de que toda mulher precisa ser mãe para se sentir completa, que tal conferir depois de finalizar a leitura desse aqui? Acesse "Maternidade: uma escolha, não uma obrigação".

exemplos de estereótipos femininos

Esperamos que você tenha entendido que os estereótipos de gênero afetam todos os grupos — homens incluso —, mas não tem como falar desse tema sem fazer um recorte para falar especificamente das mulheres. O patriarcado, como a gente bem sabe, nos impôs toda uma configuração social em que a mulher era vista como inferior e submissa ao sexo masculino e, por isso, inúmeros estereótipos femininos foram estabelecidos. Trouxemos outros exemplos pra deixar isso mais claro:

  • a maior ambição de uma mulher é casar e ter filhos;
  • já que "naturalmente" toda mulher ama crianças e sonha em ter filhos;
  • as mulheres também precisam ser "bem cuidadas", com uma aparência impecável e com bom modos sempre;
  • por isso não falam palavrão;
  • e precisam se "sentar como moças";
  • também são ótimas cozinheiras, amam culinária e sempre sabem dezenas de receitas;
  • sem falar que são ótimas com as tarefas domésticas, principalmente com a limpeza (bem conveniente para os homens, né?);
  • as mulheres amam compras e não podem ver um cartão de crédito que perdem o controle comprando roupas!;
  • mulheres não combinam com esportes ou videogames, que são interesses inteiramente masculinos;
  • também não combinam com profissões como programação, engenharia, matemática, física e afins;
  • afinal, mulheres são mais artísticas e vão se dar bem como manicures, cabelereiras ou artesãs — mas sem gerenciar o próprio negócio! Essa parte a gente deixa para os homens.

É bastante coisa, né? E olha que a gente, mais uma vez, não chegou nem perto de fazer uma lista completa.

o que os estereótipos femininos mudam na vida das mulheres?

Se você parar um pouquinho para analisar cada exemplo de estereótipo de gênero que a gente trouxe aqui, vai conseguir ver como essas expectativas que foram estabelecidas como padrão para as mulheres atrapalham na vida de qualquer uma. No geral, os estereótipos femininos impactam na autoestima, na ambição e nas expectativas de cada mulher com si mesma. Bora entender:

autoestima feminina

pressão estética é muito mais forte para as mulheres. Perceba: mulheres são ensinadas desde cedo a buscar um corpo "perfeito", que é magro, não tem estrias, não tem pelos, com traços delicados, cabelos longos e lisos, pele impecável, seios e bumbum fartos, vulva clarinha e tantos outros atributos.

Se pensar bem, vai ver que existe mais mulheres que não se encaixam nesse padrão do que mulheres que realmente o atendem. Ainda assim, quem não cumpre essas expectativas, está tendenciada a não se amar como é e sofrer com a autoestima baixa por conta das expectativas que as outras pessoas tem sobre o seu corpo.

E não é só sobre a aparência! A autoestima é toda a imagem que temos de nós mesmas e, diante dos estereótipos de gênero, observamos que as meninas já começam a se acharem menos inteligentes que os meninos ainda no jardim de infância.

Percebe como é grave?

ambição

Se nossas meninas são rodeadas por atitudes que reforçam a ideia de que elas são menos inteligentes, de que nem todas as profissões são para elas e que precisam se planejar para "arranjar" sua vida com um marido, filhos e com uma casa para cuidar, nós limitamos suas escolhas. Com isso, o plano de vida de muitas jovens se limita somente a isso, talvez não porque é o que vai fazê-las se sentirem completas, mas porque essas foram as únicas opções colocadas diante delas.

É daí que vem, por exemplo, a importância do empreendedorismo feminino e de termos mulheres ocupando diferentes espaços nos ambientes de trabalho. Valentina Tereshkova foi a primeira astronauta mulher, lá em 1963. Em 2012, o cargo de presidência do Brasil foi ocupado por uma mulher, e outros países como a Alemanha, Nova Zelândia e Reino Unido também já foram liderados por mulheres. Por que, então, as meninas não podem sonhar em ser astronautas, presidentes e grandes líderes?

expectativas

Parecido com o exemplo da ambição que a gente acabou de ver, as expectativas das mulheres com si mesmas acabam sendo prejudicadas pelos estereótipos de gênero também. É aceitar menos, ter parâmetros mais baixos, porque "as coisas são assim mesmo", sabe? Por exemplo, aceitar relacionamentos com homens de pouca responsabilidade afetiva, porque eles são assim. Permanecer em um cargo que não explora todas as suas potencialidades porque a "cota" de lideranças femininas já foi preenchida na empresa, e não cabem mais mulheres juntos dos diretores.

Se você é mulher, tire um tempinho para fazer uma autoanálise e ver quais são suas expectativas para o seu futuro. Será que você espera o melhor — e o que você realmente merece, miga — pra si mesma?

e como combater os estereótipos de gênero?

Já entendemos o que são os estereótipos de gênero e como eles afetam a vida das pessoas, principalmente as mulheres, mas só o entendimento não é o suficiente para causar a mudança, né? Como muitas outras situações, aqui as mulheres precisam comprar batalhas que homens não precisam tanto para conquistar a equidade de gênero.

Na luta para acabar com os estereótipos de gênero, nós podemos:

reforçar, cada vez mais, as mulheres como inspiração

Com isso, vamos fazer com que mais meninas, jovens e mulheres tenham modelos para inspirar seu futuro. Então, se conheceu a história, um grande feito ou uma conquista de uma mulher que te causou inspiração, compartilhe com outras mulheres! Assim, a gente vai pouco a pouco construindo a ideia de que mulheres podem sim desempenhar — e desempenhar muito bem! — funções na ciência, na área de tecnologia, na política, nas grandes corporações e em tantos outros espaços.

Para começar hoje mesmo: Representatividade Feminina na Ciência — Nossa lista com 4 mulheres inspiradoras.

questionar os estereótipos no dia a dia

No fim do almoço de família as mulheres foram convocadas para a cozinha pra lavar os pratos?

Na escola, uma criança que você tem proximidade está sendo orientada a brincar só com os brinquedos que são ditos como ideais para o seu gênero?

No seu relacionamento, o parceiro tem atitudes que demonstram uma expectativa que você nunca demonstrou ter?

Questione! E isso não significa ser agressiva ou barraqueira, como muitas vezes podem taxar as mulheres de opinião forte — olha aí mais um estereótipo feminino! —, mas verdadeiramente perguntar: por quê? Em algumas situações, o que muita gente precisa é apenas ser provocada a pensar. Com um pouco de questionamento, já dá pra ver que não faz sentido perpetuar muitos estereótipos.

Os homens também podem lavar a louça do almoço, as meninas também podem jogar futebol no recreio e a mulher não precisa se mudar de cidade e largar seu emprego por conta de uma promoção do marido, por exemplo!

Tá vendo que são situações das mais pequenas e banais até as mais decisivas na vida de uma pessoa? É questionando que nós mudamos o cenário!

falar sobre

Não é apenas nos momentos em que um estereótipo de gênero é colocado em prática que a gente deve levantar essa bandeira. Em outras discussões, seja no trabalho, em família, em um relacionamento amoroso ou durante a educação de uma criança, traga luz para os estereótipos e as barreiras que criam na vida das pessoas.

Mulheres precisam se esforçar mais para serem reconhecidas no trabalho, precisam enfrentar obstáculos e preconceitos que homens não sofrem, e podem ter seus planos de futuro limitados só por conta dos estereótipos. Mostrando esse fato para outras pessoas, independente do gênero, traz mais conscientização sobre o assunto e, quem sabe, mais adeptos para a luta feminista.

seguimos juntas causando a mudança!

E aí, deu para entender um pouco mais os estereótipos de gênero como a gente te prometeu lá no comecinho, né? Esperamos que sim! Só pra resumir, lembre-se:

  • estereótipos de gênero são expectativas que colocamos sobre homens e mulheres sobre as características, os papéis e os comportamentos que deveriam ter;
  • mulheres são as mais afetadas, já que os estereótipos femininos criam barreiras para a carreira, vida social e vida amorosa de uma mulher;
  • o caminho pra mudança é levantar essa bandeira, dando atenção para mulheres que são inspiração para outras mulheres, questionando os padrões e falando sobre o tema.

Você não está sozinha nessa, viu? Conte com a ajuda de outras pessoas e essa luta fica mais fácil! Nós esperamos, inclusive, que nosso blog seja um instrumento para você nessa jornada 🧡 Então, por que não continua seu momento de leitura por aqui conferindo este outro post: "vertentes do feminismo: fique por dentro das principais com a Pantys!"?

Te esperamos por lá!


deixe um comentário

os comentários precisam ser aprovados antes de postarmos, ok?

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.


calcinha shorts absorvente fluxo noturno - dreamer - pantys 7898679471725 calcinhaabsorvente calcinhamenstrual
azul e rosa preto azul e preto
calcinha shorts absorvente fluxo noturno - dreamer
1897 avaliações
R$ 135,00
best seller 🔥
calcinha absorvente - básica - fluxo moderado - pantys 7898679473040 calcinhamenstrual
calcinha absorvente - básica - fluxo moderado - pantys 7898679473040 calcinhamenstrual
preto
calcinha absorvente pantys & sempre livre - básica
2352 avaliações
R$ 79,00
best seller 🔥
calcinha absorvente - tanga - fluxo leve - pantys 7898679471824 calcinha menstrual
calcinha absorvente - tanga - fluxo leve - pantys 7898679471824 calcinha menstrual
rosa preto
calcinha absorvente fluxo leve - tanga
gotas
725 avaliações
R$ 105,00
best seller 🔥
calcinha absorvente - comfy - fluxo moderado - pantys 7898679473071 calcinha menstrual
calcinha absorvente - comfy - fluxo moderado - pantys 7898679473071 calcinha menstrual
preto e rosa rosa
calcinha absorvente fluxo moderado - comfy
269 avaliações
R$ 79,00