Empreendedorismo feminino: os desafios e as conquistas delas!

quatro mulheres empreendedoras: inspiração, lição e como começar

O termo empreendedorismo feminino está estampado em manchetes, podcasts e capas de livros. À vista disso, o número de mulheres empreendedoras está crescendo significativamente, assim como a participação feminina no mercado de trabalho.

As mulheres estão conquistando o próprio espaço, dando exemplo de liderança e mostrando como construir negócios mais empáticos e humanos — o que não significa que não sejam competitivos. Nesse novo ambiente, vale ressaltar a importância de nos apoiarmos sempre!

Sabe aquela amiga que começou a vender doces ou está produzindo algo? Ajude a partir de divulgações que estejam ao seu alcance – as redes sociais estão aí para isso! – e até mesmo comprando seus itens. Temos que dar as mãos, já que as nossas atitudes são as que fazem a diferença!

Aliás, o Dia Internacional da Mulher está aí para reforçar a nossa luta perante um mundo desigual. Conquistamos muito ao decorrer do tempo, mas ainda temos mioto mais para alcançar!

Pensando em tudo isso, reunimos 4 histórias de mulheres inspiradoras para que você possa ficar por dentro de como começar a trilhar esse caminho e dar o primeiro passo para conquistar lugares que demonstram toda a competência e força que rodeiam o empreendedorismo feminino.

Continue nos acompanhando para não perder nenhum detalhe!

como anda o empreendedorismo feminino no Brasil e no mundo?

Nós mulheres representamos mais de 50% da população brasileira. Mesmo sendo maioria, dados de 2021 pesquisados pelo Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) apontam que apenas pouco mais de 25% da população geral são empreendedoras.

Contudo, números positivos também são realidade! Dizemos isso porque o Brasil ficou em 7º lugar em um estudo realizado em 49 países diferentes, que analisou a proporção de mulheres que estão entre os empreendedores iniciais. Além disso, o empreendedorismo feminino cresceu 40% em 2020 aqui em nosso país.

Incrível, né? Juntinhas vamos aprendendo a como trilhar essa longa estrada! <3

Agora, devemos nos concentrar em realizar ações que não só aumentam a quantidade de mulheres à frente de organizações, mas também elevam os rendimentos femininos, já que eles continuam inferiores se comparado aos homens.

E pasmem – ou não, porque já sabemos que somos capazes de conquistar o mundo! –, análises feitas pelo McKinsey Global demonstram que o PIB mundial seria de 28 trilhões até 2025 caso as mulheres tivessem participação ativa nas corporações ao redor do mundo.

Quais são os desafios dos empreendedorismo feminino?

A grande parcela de empreendedoras são sim capacitadas para adentrar no mercado corporativo, entretanto o que falta é oportunidade. Esse é um dos maiores desafios que, coincidentemente, englobam vários outros.

Confira um pouco mais sobre 3 deles:

Falta de incentivo

Muitas mulheres não possuem apoio dos próprios familiares para dar o primeiro passo como empresária, seja para ser CEO de grandes, médias ou pequenas empresas. Logo, elas acabam desistindo antes mesmo de tentar alavancar a ideia de entrar no mundo organizacional.

Inclusive, isso fica ainda pior quando é preciso mudar de carreira para ir além e começar algo novo. Alguns dizem que é loucura, outros falam que não vamos conseguir.

Se você está enfrentando algo desse tipo, é importante buscar informações por meio de outras pessoas, pelo menos para analisar opiniões positivas e negativas e, assim, colocar na balança o que vale ou não a pena. Um empurrãozinho nunca é demais, e olha, qualquer coisa estamos aqui para te segurar, viu?

Sexismo

Não tem nem como contestar a existência do sexismo no ambiente corporativo. A realidade feminina nas organizações é bem diferente daquela enfrentada pelos homens. Sabemos que em ambos os lados é necessário coragem para começar a empreender, mas o cenário para as mulheres ainda é inferior.

Os salários são díspares, mesmo que em cargos iguais. A credibilidade então, é algo que precisamos nos esforçar para alcançar, visto que é muito mais habitual investir em companhias dirigidas por homens do que por nós mulheres. Mas não podemos nos deixar levar por isso!

Múltiplas Jornadas

Somos verdadeiras camaleoas! Estamos mudando a todo instante para realizar tarefas diversas. Somos mulheres, esposas, estudantes, mães e profissionais incríveis. Porém, essas múltiplas jornadas acabam sendo um obstáculo no momento de alcançar novos horizontes.

Mesmo em pleno século XXI, existem pensamentos bastante retrógrados que envolvem, principalmente, as personalidades femininas em ambientes domésticos. Mas, hello, as tarefas devem ser compartilhadas para que tanto as mulheres quanto os homens consigam subir os degraus do empreendedorismo.

conheça agora histórias de mulheres inspiradoras

O caminho do empreendedorismo feminino é cheio de desafios. Mesmo assim, é preciso ser resiliente para alcançar os objetivos. Conhecer as histórias de outras mulheres empreendedoras ajuda a inspirar e aprender um pouco sobre o mundo dos negócios.

Por isso, separamos algumas empreendedoras brasileiras super inspiradoras e que atuam em diferentes ramos para você conhecer um pouco mais.

Luiza Trajano — Magazine Luiza

Não tem como falar de mulher empreendedora no Brasil e não citar Luiza Trajano. Criada em Franca, no interior de São Paulo, ela aprendeu sobre inteligência emocional com a mãe, enquanto o espírito de empreendedora e as habilidades em vendas vieram da tia.

A combinação desses dois fatores, adicionados a outros valores essenciais como honestidade, generosidade e a busca pelo aprendizado constante, ajudaram Luiza transformar a loja dos tios em uma das maiores varejistas do país: o Magazine Luiza. São mais de 700 lojas em 16 estados, além de um e-commerce gigante! Incrível, não é mesmo?

Além disso, Luiza levanta a bandeira feminista e fala sobre a importância das mulheres assumirem postos de liderança. Por isso, ela é um exemplo essencial para falar sobre mulheres bem-sucedidas no mundo dos negócios. Aquela coisa de subir e ajudar outras mulheres ao redor crescerem também, sabe? <3

Sônia Hess — Dudalina

A Dudalina nasceu da necessidade de encontrar uma utilidade para o tecido a mais que Seu Duda comprou para abastecer o estoque da vendinha. A esposa, Dona Lina, depois de descosturar uma camisa e entender como era feita, contratou duas costureiras, que fizeram novas peças com o tecido.

A ocasião abriu os olhos de Dona Lina, que viu uma oportunidade de mercado. Sônia Hess é uma dos onze filhos do casal e assumiu a presidência da camisaria fundada pelo país. Na liderança, transformou a Dudalina na maior exportadora de camisas do país.

Pamella Magpali e Babi Mattivy — Insecta Shoes

A Insecta Shoes nasceu de uma amizade de mulheres apaixonadas por moda. Pamella tinha a experiência de sua marca própria de calçados, Babi tinha um brechó com roupas com lindas estampas.

A combinação resultou em sapatos artesanais feitos com tecidos que seriam comercializados pela internet. Em poucas semanas, as duas fizeram 20 pares que venderam rapidamente. Ao perceber a aceitação do público, investiram na ideia e criaram a marca.

Os calçados são veganos, ecológicos e muito lindos! A numeração é do 33 ao 45 para os adultos. Já as crianças encontram opções do 20 ao 32. Hoje, além de vender pela internet, a dupla tem uma loja física em Pinheiros, São Paulo.

Aliás, sabia que você pode encontrar a Pantys na Insecta? Siiim, vem conferir os endereços certinhos aqui. <3

Mariana Vasconcelos — Agrosmart

A agropecuária é responsável pelo consumo de 70% da água limpa do país, segundo a Agência Nacional de Água (ANA). Sabendo disso, Mariana Vasconcellos criou uma tecnologia chamada Agrosmart, que torna a irrigação mais inteligente.

Os sensores são colocados em pontos estratégicos da plantação e medem dados como a umidade do solo, presença de pragas e temperatura do ambiente. Todas essas informações são enviadas para uma nuvem e processadas por um algoritmo especial, tudo isso em tempo real. Segundo Mariana, a economia da água pode chegar até 60%.

incentive as mulheres a desenvolverem seus potenciais no universo empreendedor

As ideias e ações femininas possuem potencialidade de mudar o mundo. E não pense que essa é uma frase clichê repetitiva, muito pelo contrário, são dados! Se podemos fazer o PIB mundial alavancar em mais de vinte trilhões, qual é o limite para nós?

Podemos, sem dúvidas, ir até o lugar que desejamos, porque não desistimos facilmente. Mas pense, se tivéssemos o apoio de outros indivíduos poderíamos estar andando muito mais quilômetros e quilômetros juntos.

Portanto, apoiar as mulheres ativamente é uma forma de chegar em lugares que todos nós, como pessoas, queremos. Então vai em frente, elogie, incentive, dê uma força e ajude-as nesse propósito que é o empreendedorismo feminino. Temos certeza que os ganhos serão ainda maiores do que o imaginado.

coloque a mão na massa: veja como começar a empreender

Quer se tornar uma mulher de negócios? Para isso, é muito importante se planejar. Ao contrário do que pensamos, nem sempre é preciso criar um produto inovador.

Muitas vezes, perceber uma falha no mercado, alguma brecha de serviço ou produto que o público esteja necessitando é o suficiente para se lançar no mundo empresarial. No entanto, um negócio não se estrutura apenas em cima de uma boa ideia, e é nesse ponto que muitos falham e não conseguem se firmar no mercado.

E como fazemos para isso não acontecer? Planejamento e organização são os nossos melhores amigos! Primeiro, é importante entender em qual local estamos querendo nos enfiar. Por isso, fazer uma pesquisa de mercado e conversar com o seu público-alvo é essencial.

Isso também ajudará a precificar seu produto ou serviço. Sabendo dessas informações, é possível começar a desenhar um plano de negócios. Quanto será necessário de investimento inicial? Depois de quantos meses a operação começará a pagar por si própria?

As perguntas não acabam e ajudam a guiar e deixar esse negócio mais estruturado. Quantos funcionários e quais as áreas mais estratégicas no início? Como trabalhar a comunicação e o marketing aproveitando o ambiente digital? Tudo isso conta e pode ser determinante para o seu sucesso!

Saiba a hora de descansar e onde quer chegar

A vida das mulheres empreendedoras não é fácil! No começo, principalmente, é comum a vontade de abraçar o mundo e dar conta de tudo sozinha. Com o passar dos meses, porém, o seu organismo vai mostrar como está cansaço.

Uma das formas de lidar com isso é delegando as tarefas. Tenha profissionais competentes e estratégicas ao seu lado, pessoas em quem você confia. Assim, você evita essa sensação de ter que fazer tudo e dar conta de tudo.

Não negligencie a sua saúde, a boa alimentação, o sono e a rotina de exercícios físicos. Esses fatores te deixam mais forte para enfrentar o dia a dia desafiante! Então, saiba a hora de parar, de dar descanso para o seu corpo e mente!

Para finalizar, gostaríamos de indicar algumas vozes femininas inspiradoras e lembrar que é sempre bom ler mais mulheres, escutar mais mulheres, assistir e conhecer as histórias de mais mulheres <3

Título: Empreendedorismo feminino: os desafios e as conquistas delas!
Descrição: Quais são os aspectos importantes do empreendedorismo feminino? E, além disso, como ele está no cenário brasileiro e mundial? Confira!
Palavras-chave:
  • empreendedorismo feminino (Volume: 13000 | Dificuldade: 3)
Tipo de keyword: Informacional
Etapa do funil: Topo
Ideias: A atualização deve manter as entrevistas super completas que já existem no material original, acrescentando tópicos importantes sobre o cenário geral do empreendedorismo feminino, o progresso que fizemos até aqui, os desafios que ainda existem, as características dos negócios geridos por mulheres e a importância incentivar mulheres a desenvolverem seus potenciais. Para atualizar: https://www.pantys.com.br/blogs/pantys/cinco-mulheres-empreendedoras-inspiracao-licao-e-como-comecar Líder da SERP: https://www.contabilizei.com.br/contabilidade-online/empreendedorismo-feminino/

deixe um comentário

os comentários serão aprovados antes de serem exibidos, ok?


últimos posts

a mudança é coletiva
a mudança é coletiva

o que vem na sua mente quando você pensa em CLIMA? A crise climática tem um impacto global, mas já pode ser sentida a nível local! Precisamos nos engajar na luta socioambiental e fazer algo para mudar essa realidade.

ler mais >
você sabe qual é a importância do empreendedorismo feminino? | pantys
você sabe qual é a importância do empreendedorismo feminino?

Hoje vamos embarcar juntas no mundo dos negócios e mostrar que mesmo diante de tantas injustiças as mulheres continuaram na batalha e garantiram muitas conquistas e direitos. Ficou curiosa? Então, vem com Pantys! <3

ler mais >
como conquistar a independência financeira feminina? | pantys
como conquistar a independência financeira feminina?

Você já sonhou ou sonha em conquistar a sua independência financeira? Isso mexe com crenças e valores sobre dinheiro, trabalho, prosperidade, e por isso é muito importante discuti-lo. Vem com a gente! <3
ler mais >

cool. absorbing. obvious.

estamos adicionando
pantys na sacola...