como apoiar mulheres ativamente?

como apoiar mulheres ativamente? | pantys

Elogiar uma mulher é muito importante, afinal, agorinha mesmo a gente ainda estava achando que tínhamos que competir e ver nossas irmãs com rivalidade.

Mas chegou a hora de dar um passo a mais e ir além do discurso. Como podemos apoiar ativamente as mulheres ao nosso redor? Quando a gente reproduz o discurso da necessidade das mulheres se empoderarem, serem donas de si e de seu futuro, mas sem apontar caminhos e nem oferecer suporte, podemos deixar nossas irmãs acuadas e pressionadas, e o que queremos é o contrário disso, né?

Ah, mas se não consigo cuidar nem de mim, imagina de outras mulheres? Sim, precisamos estar fortalecidas para ajudar outra pessoa, mas estamos falando aqui de pequenas práticas que cabem no dia-a-dia e nos fazem sentir tão bem, que podem não ser um esforço, mas atos que esquentam nossa alminha. Quando damos apoio a uma mulher, estamos levando todas nós para o futuro que queremos.

Por mais que nossos discursos tenham mudado, será que isso está refletindo de fato nas nossas atitudes? O primeiro passo é ficarmos atentas para ver se estamos cooperando com essas mulheres ao nosso redor, e como tudo isso ainda é muito novo, hoje vamos dar exemplos de como fazer essa cooperação.

E olha, é importante lembrar que isso não quer dizer que precisamos ser amiga e gostar de todas as mulheres do mundo, o que não podemos é usar a aparência, o estilo ou até mesmo o tipo de foto que ela posta, o jeito dela de ser mulher, para criticá-la, pois assim perpetuamos o machismo. Vamos ter um olhar mais amoroso com nossas iguais.

Reunimos aqui embaixo 5 desafios e práticas dessa nova era e esperamos que possam ser tão poderosas para você quanto é pra gente, tanto praticando, quanto recebendo.

ser companhia para as amigas mães

  1. Oferecer-se para fazer qualquer tarefa doméstica que permita a ela descansar ou para que ela apenas sinta que alguém cuida de quem cuida;
  2. Abrir espaço para que ela fale sobre a #maternidadereal, seus medos, desafios, cansaço, frustrações. A maioria das pessoas só oferece conselhos e elogia a “guerreira”, o que intimida que essa mãe mostre suas fraquezas.
  3. Caso essa mãe queira voltar a trabalhar mas encontre dificuldades, ofereça para pensar junto com ela alguma forma de melhorar essa situação, seja indicando ela para vagas, dando visibilidade trabalho dela ou mesmo acolhendo e ouvindo ativamente.

fortalecer o trabalho de outras mulheres

  1. Se tem uma amiga está infeliz ou perdida na carreira: que tal sentar e ajudá-la a listar seus talentos e habilidades, ou até perguntar se tem algo que você sabe e que ela gostaria de aprender? Isso pode clarear muito os caminhos dela.
  2. Em reuniões e apresentações é importante observar e defender as ideias das colegas de trabalho. Podemos ficar atentas quando alguém se apropria de um conceito apresentado por elas, dizendo “ eu gostei muita da ideia dada pela fulana” e também quando uma mulher for interrompida repetidamente, fazer alguma intervenção como manter o olhar para ela e não para a pessoa que interrompeu ou devolver a palavra de volta a ela dizendo “Você pode voltar no que estava falando? Parecia muito interessante”.
  3. Uma forma poderosíssima de empoderar o trabalho de outras mulheres é divulgar, compartilhar e consumir o trabalho delas, seja no boca a boca ou nas redes sociais, o importante é dar visibilidade ao trabalho. Além disso, sempre que descobrir uma vaga interessante, indique uma mulher.

desvendar relacionamentos abusivos

  1. Faça perguntas e mostre que aquele é um espaço seguro, e mesmo se não concordar com o que ela diz, ouça com paciência e sem julgamentos;
  2. Entenda qual o ponto de vulnerabilidade que não permite que ela rompa esse ciclo: se é medo pois não tem independência financeira, se é porque ela não tem para onde ir ou mesmo medo da violência do parceiro e veja como apoiá-la ou acionar apoio para isso.
  3. Lembre o quanto ela é incrível individualmente, muitas mulheres sofrem muitos abusos psicológicos que as fazem ter dificuldade de se enxergar sem ser na imagem do parceiro e isso dificulta o rompimento.

construir amizades acolhedoras

  1. Celebre as pequenas conquistas, observe se aconteceu algo bom e ofereça para celebrar com ela, afinal ela lutou por isso, e mesmo que seja simples para você, vibre como uma vitória sua.
  2. Fale por você e pelas mulheres que não podem falar por elas mesmas,ouça ativamente e se esforce para que elas possam falar.

  3. Se ela tem baixa autoestima, não fique sem paciência, busque caminhos junto com ela de forma positiva. Não se apoie nas inseguranças da sua amiga, muitas vezes estamos tão acostumadas em sermos exigentes com a gente que projetamos isso nas nossas amigas, observe e busque sempre compreensão.

cuidar de você mesma

Não se sinta obrigada, ajude quando puder. Aceitar e aprender a receber ajuda é tão importante quanto oferecer, quando nos cuidamos nos tornamos exemplos para as mulheres com quem convivemos.

E você, tem alguma sugestão? Lembra de algo que alguma mulher ao seu redor fez e que permitiu sentir-se fortalecida? Vamos refletir e compartilhar essas dica com mais mulheres, é só deixar aqui nos comentários.

Já demos passos largos e quebramos muitos paradigmas sobre a amizade e a união feminina, aos poucos e com muito amor, paciência e cuidado, vamos descobrindo mais formas de nos fortalecermos e de construir uma atmosfera de mais compaixão e cumplicidade entre a gente. Mulheres do futuro têm uma postura ativa na construção da nova era, e elas vão chegar lá de mãos dadas.



últimos posts

vamos cuidar dos nossos corações?
vamos cuidar dos nossos corações?

“Tô na correria”. Amiga, já reparou o quanto a gente anda ansiosa? E, como a maioria das pessoas ao nosso redor está assim, nós estamos normalizamos isso. Vamos juntas, num movimento de resistência a esse ritmo que tem nos feito tão mal?

ler mais >
bell hooks e lélia gonzalez: ler é uma forma de agradecer! | pantys
bell hooks e lélia gonzalez: ler é uma forma de agradecer!

Final de ano é tempo de atualizar a leitura. Hoje apresentamos e recomendamos duas obras de escritoras potentes do feminismo que tem muito a nos ensinar.

ler mais >
liberdade: substantivo feminino | pantys
liberdade: substantivo feminino

O que é essa liberdade que tanto buscamos? Ou melhor, o que pode ser? Hoje vamos falar de liberdade, esse conceito tão importante e que nos move a ir cada vez mais longe.

ler mais >

cool. absorbing. obvious.