Cor da Menstruação: O que significam as cores do nosso ciclo?

cor da menstruação? entenda os sinais do seu corpo com a pantys!

Falar de menstruação ainda é um grande tabu, concorda? Porém, precisamos conhecer o período menstrual além da fase lútea – período pós-ovulação – é importante entender que ele pode nos dar muitas pistas de como anda a nossa saúde.

Você já parou para analisar a cor da sua menstruação? Provavelmente você deve ter pensado "eu não, urg!". Acontece que os tons demonstram muito mais do que podemos imaginar, e nos dão pistas de como o nosso organismo anda se comportando.

Vermelho vivo, rosa, laranjado, cinza são apenas algumas das cores que a nossa menstruação pode apresentar. Mas o que isso significa? É aí que a Pantys chega para te ajudar a decifrar os sinais! Quer ficar por dentro do nosso guia sobre colorimetria menstrual? Continue a leitura e confira na sequência!

O que a cor da menstruação pode indicar?

A cor da sua menstruação tem variado durante o fluxo? Relaxa, amiga, sem grandes preocupações! Isso acontece com vááárias de nós e, na maioria das vezes, é super normal. Mas mesmo assim precisamos ficar de olho, já que em alguns momentos o aspecto pode não ser tão comum quanto imaginamos.

Existem dois fatores que explicam a alteração de cor do sangue da menstruação. O primeiro ponto a entender é que o sangue apresenta uma reação ao oxigênio, fator que faz com que a água evapore, tornando a pigmentação ainda mais concentrada e, consequentemente, mais escura.

O segundo ponto que pode alterar a cor da menstruação é o tempo que o fluxo leva para sair do útero e chegar até a abertura da vagina, percorrendo o colo do útero e, em seguida, todo o canal vaginal. Se o sangue passar por esse caminho mais rapidamente, é provável que ele chegue à calcinha com um tom mais vivo.

No entanto, se ele demora um pouquinho mais, pode ser que adquira uma tonalidade mais fechada, com uma cor semelhante ao vinho ou ao bordô. Até aqui, tudo tranquilo? Então, vamos entender juntinhas e mais a fundo o que as cores da menstruação significam? Veja na sequência!

O que é normal na menstruação? Colorimetria menstrual com a Pantys!

O corpo feminino é um universo inteiro, concorda? É justamente por isso que ele merece toda a nossa atenção e cuidado. De maneira geral podemos dizer que o tom vermelho vivo e o vermelho fechado são sinais que está tudo bem!

Mas e quando a menstruação apresenta aspecto alaranjado, rosado ou cinza? Nesse caso, pode ser que o nosso organismo esteja pedindo ajuda e tentando nos dizer algo do tipo "hey, tem algo de errado contigo".

Aliás, ao falar de menstruação também precisamos considerar que cada uma de nós é única, assim como o nosso próprio ciclo. Então, o que é normal para sua amiga talvez não seja normal para você! Esse é o seu caso?

Se sim, vem com a com gente que aqui é um ambiente livre de neura, tabu e com muita informação de qualidade! Seja bem-vinda ao guia Pantys sobre colorimetria menstrual e entenda o porquê da sua menstruação não estar vermelhinha como de costume!

Vermelho vivo

A cor da menstruação vermelho claro é mais comum em mulheres que têm um fluxo mais intenso, sabe? Isso acontece porque o volume é alto e, por isso, o sangue chega mais rápido à calcinha.

Além disso, ele é bem parecido com a tonalidade que ele tem quando está lá no útero. Isso demonstra que nosso ciclo menstrual está saudável e em harmonia com o nosso corpo!

Ou seja, sem motivo para preocupações ;)

Vermelho escuro ou marrom

Se você já se deparou com um borrão vermelho escuro ou marrom – parecido com borra de café – na calcinha, pode ficar tranquilinha, não há motivos para preocupação. Isso pode acontecer tanto nos primeiros dias da menstruação como nos últimos.

Além disso, o vermelho mais fechado também pode ser uma característica do escape, quando ocorre um leve sangramento fora do período menstrual, algo mais comum em quem faz uso das pílulas anticoncepcionais.

É importante dizer que nesses dois casos pode haver variação. Como assim? Nós somos cíclicas, influenciadas pelas forças que estão ao nosso redor. Por isso, se você reage de forma negativa à menstruação, pode ser que o sangue apresenta características incomuns e os níveis de irritabilidade podem aumentar – ou seja, mana, a cólica pode piorar!

Você sabia que a Pantys possui um portal da menstruação? Lá a gente tem muito conteúdo que pode te ajudar a entender mais sobre esse assunto. Dê uma passadinha por lá depois e confira!

Rosa

O escape pode adquirir um tom rosado por dois motivos. O primeiro deles é quando algumas gotas de sangue se unem às secreções do dia a dia, que são mais clarinhas. Nesse caso, se rolar uma vez ou outra, sem problemas. Mas caso ocorra frequentemente, vale procurar a sua ou o seu ginecologista, combinado?

Vale ressaltar que o escape rosado também pode ser um sinal de nidação, que é o processo de início de uma gravidez, mais especificamente quando o embrião é fixado nas paredes do útero. Mas nem por isso deixa de ser um alerta, já que o sangramento no início da gestação sempre merece atenção. Por isso, de qualquer modo, o melhor é procurar ajuda médica.

Aliás, quando temos relações sexuais durante a menstruação, principalmente em relacionamentos heteronormativos, é possível que o sangue apresente tom roseado. Por exemplo, quando o homem ejacula no interior da vagina é comum que nas horas seguintes o sangue fique mais clarinho.

Laranja

Se a cor da menstruação surge com um tom alaranjado, é hora de falar com o seu ginecologista, viu, amiga? A razão para essa mudança de tonalidade pode ser explicada a partir da mistura de uma secreção amarelada, que geralmente é sinal de infecção, com o fluxo.

Nesse caso, vale a pena prestar atenção em outros possíveis sintomas, como cheiro forte e dor pélvica, por exemplo. Esses pontos podem ajudar a reforçar a suspeita da formação de um quadro de infecção. Nesse caso, permitir o prolongamento do quadro pode fazer com que ele evolua e a situação fique um pouquinho mais complicada. Cuide de si, mana!

Cinza

A cor da menstruação com um tom mais puxado para o cinza também pode ser um alerta para infecções. Dessa maneira, também vale a pena prestar atenção nos sinais citados anteriormente, como o mau cheiro, a dor pélvica e até mesmo a febre.

Além disso, esse estágio demonstra que o quadro está ocorrendo há algum tempo. Ou seja? Isso quer dizer que ele evolui do alaranjado para o cinza – o que não podemos deixar acontecer, concorda? Por isso, é muito importante que a gente visite periodicamente nosso ginecologista e acompanhe de pertinho os caminhos do nosso ciclo menstrual!

Ah, vale lembrar que todos esses quadros são apresentados considerando mulheres que não fazem uso de medicamentos controlados – isso também vale para o famosinho anticoncepcional, tá? Afinal de contas, o uso de alguns fármacos também pode causar alteração na cor da menstruação.

Por exemplo, quando estamos tomando anti-inflamatórios, antibióticos ou até mesmo o próprio anticoncepcional, nossa menstruação pode se comportar de maneira incomum e apresentar uma cor mais escura. Além disso, essa situação também pode ocorrer em mulheres que tiveram abordo e necessitam de curetagem – porém essa é uma situação mais rara.

Gráfico com o significado das cores na menstruação

E quando a menstruação vem com pedaços de sangue?

Como você pode perceber, quando falamos de menstruação, nós temos uma paleta de cores a ser decifrada, não é mesmo? E é claro que os fatores externos também influenciam na colorimetria menstrual, nos deixando confusas do que seria um sinal de anormalidade.

Resumidamente, uma menstruação normal deve apresentar aspecto vermelho, que pode ser mais vivo ou fechado, dependendo do nosso próprio fluxo. Por isso, antes de identificar as cores do sangue menstrual, precisamos ficar por dentro do nosso próprio ciclo.

Em geral, é normal ter coágulos, porque eles são basicamente resultado da descamação da parede do útero. Mas e quando a menstruação está vermelhinha, mas apresenta pedaços? Bem, os “pedaços” podem indicar várias situações.

Esses coágulos podem se formar a partir de um desequilíbrio hormonal, capaz de alterar as camadas do útero, tornando-as mais grossas e dando origem aos pedacinhos de sangue.

Em alguns casos, esse tipo de sangramento também pode ser um sinal de disfunção nos níveis de vitamina, indicação de problemas como anemia, endometriose ou mioma. Por isso, caso a sua menstruação desça em pedaços recorrentemente, procure a opinião de um especialista.

Desvendar os mistérios que envolvem a menstruação requer passos de autoconhecimento pelo caminho. Além disso, implica na adoção de uma postura mais amiga com o nosso corpo e ciclo. Aceitar que somos cíclicas é o primeiro passo para entendermos as mudanças que sofremos.

Menstruação não é somente sobre aquela semaninha de cólica e irritabilidade, mas também tem ligação com o próprio ciclo da vida. Tem a ver com o nosso amadurecimento, florescimento e retorno para dentro de nós mesmas. E não é justamente nisso que consiste o autoconhecimento?

Então, gostou desse conteúdo? Aqui no blog da Pantys tem muitos outros como esse! Toda semana nós trazemos debates sobre menstruação, saúde, trabalho, sociedade e tudo que envolve o universo feminino!

Continue por aqui e confira muito mais! Aproveite que estamos falando sobre cores da menstruação e saiba como fazer sua própria mandala lunar – uma ferramenta de autoconhecimento que todas nós deveríamos ter!

Ah, e não se esqueça: estamos juntas nessa jornada <3



últimos posts

volta ao mundo em mitos menstruais
volta ao mundo em mitos menstruais

hoje faremos uma volta ao mundo explorando os diferentes tipos de mitos relacionados à menstruação presentes em diversas culturas. vem!?
ler mais >
puerpério: o que é, quanto tempo dura e por que falar dele? | pantys
puerpério: o que é, quanto tempo dura e por que falar dele?

o nascimento de um novo serzinho geralmente é visto como um momento de grande felicidade para a família, não é mesmo? Enquanto os olhos de todo mundo se voltam...

ler mais >
os três pilares da pobreza menstrual | pantys
os três pilares da pobreza menstrual

desinformação, ausência de produtos menstruais e falta de infraestrutura de saneamento são desafios para garantirmos a dignidade menstrual. vem saber mais, vem!

ler mais >

cool. absorbing. obvious.