Resoluções de Ano-Novo: como criar metas alcançáveis?

uma conversa saudável sobre resoluções de Ano Novo

Amiga, vamos ser sinceras, 2020 não foi um ano fácil! A pandemia afetou a vida em escala global, resultando em um cenário totalmente atípico. E, no meio de tudo isso, a gente foi tentando sobreviver nessa nova realidade. Ao final desse ciclo, o sentimento de esperança é inevitável,assim como as resoluções de Ano-Novo.

2020 mostrou pra gente que precisamos aprender a lidar com a imprevisibilidade. Não podemos controlar tudo, e tá tudo bem. Por isso, vamos bater um papo de amiga pra amiga sobre nossas metas de Ano-Novo?

Então,vem com a gente, porque a conversa tá super especial e bem reflexiva (amamos um momento de introspecção <3).

saldo final: esgotadas

2020 exigiu todas as nossas energias e mais um pouco! Se adaptar ao novo contexto, trabalhar e estudar de casa, fazer exercícios, lidar com a falta de inspiração e o excesso de funções foi exaustivo, né?

E, depois de tudo isso, é momento de fazer o famoso balanço do ano: o que foi bom? O que foi ruim? Quais hábitos levar para o novo ano? O que deixar no passado?

Essas são algumas perguntas que nos ajudam a entender os processos pelos quais passamos e identificar o que queremos no nosso futuro. Então, amiga, olhe com carinho para seu ano e faça essa análise.

momento de olhar para dentro

Quando paramos para pensar no ano anterior, muitos fatores são analisados. Então, depois de olhar para o macro, achamos importante dedicar um momento para olhar apenas para nós mesmas e para nosso mais profundo microuniverso.

Não somos as mesmas, e ainda bem! Apesar do ano difícil, evoluímos e aprendemos muito. Agora, é hora de pensar nessas evoluções, nos hábitos que criamos e o que queremos manter ou mudar em relação aos nossos objetivos e metas.

Vale lembrar que, quando falamos em resoluções de Ano-Novo, o tema é amplo. Apesar de muitas pessoas pensarem em metas como perder peso ou ganhar mais dinheiro, que tal pensarmos em mudanças internas e individuais?

vida real, metas reais

Amiga, você costuma alcançar suas resoluções de Ano-Novo? É muito comum desistir delas depois de alguns meses e isso é um comportamento de pessoas do mundo inteiro. A explicação é bastante simples: boa parte das resoluções são altamente ambiciosas e tem origem em pressões externas, perdendo o sentido ao longo do tempo.

Sabendo disso, é importante escolher metas para 2021 que sejam reais e possíveis dentro do cenário atual. Por exemplo, ao invés de criar 15 metas, opte por uma lista reduzida, pois será mais fácil manter o foco e definir o que deve ser feito para alcançá-las.

Além disso, lembre-se de criar metas pessoais que sejam sustentáveis durante o ano. É muito comum criar um objetivo de longo prazo que não será atingido em apenas 12 meses. Portanto, coloque o pé no chão, analise suas prioridades e escolha alguns objetivos.

Pense da seguinte forma: se você melhorar o condicionamento físico, é importante praticar esportes. Então, sua meta pode ser: fazer caminhada três vezes na semana, por 40 minutos. Viu, como tudo fica mais palpável?

o caminho para alcançar metas

Afinal, como alcançar metas? Essa é a parte em que muita gente tropeça. Isso porque não basta escrever no papel, é preciso criar um plano para atingir seu objetivo final. Por isso, é importante escolher uma meta concreta e bem definida, como explicamos acima. Assim, tudo ficará mais fácil ;)

Se você quer aumentar seu repertório em determinado assunto, procure cursos de especialização, leia livros e assista a documentários. Além disso, crie um cronograma para assistir às produções audiovisuais e definir quantos livros serão lidos. Desse modo, você acompanha seu progresso.

É importante analisar o que está ou não funcionando durante todo o processo. Por exemplo, se você definiu que quermeditar todos os dias durante meia hora, mas não está conseguindo, vale a pena rever e ajustar a meta. Que tal mudar para 5 ou 10 minutos diários? Lembre-se: vida real, metas reais <3

Por um 2021 leve e gentil

As resoluções de Ano-Novo são muito pessoais. Por isso, não temos nenhuma pretensão de criar uma lista de metas que todas devemos seguir no próximo ano, pois acreditamos que cada uma de nós está passando por um processo e só nós podemos definir os próximos passos dessa jornada.

Considerando tudo o que foi vivido nesse último ciclo, vale a pena pensar em objetivos pessoais: como melhorar nossa autoaceitação? Como cuidar da nossa saúde e alimentação? Como lidar com nossa ansiedade? Como encarar nossos medos?

A gente pode ajudar a mudar o mundo, mas, para isso, é importante estarmos bem com nós mesmas. Então, amiga, o que você acha de se colocar como centro da sua vida e dos seus processos de evolução em 2021? Seguimos juntinhas nessa caminhada <3



últimos posts

“he named me Malala”: o doc que você precisa assistir em março! | pantys
“he named me Malala”: o doc que você precisa assistir em março!

o filme certeiro para assistir no mês de março, em meio às homenagens às lutas feministas. então assista, compartilhe com sua rede, discuta com amigas, converse sobre com colegas.

ler mais >
As três lições que aprendi buscando me tornar a protagonista da minha história | pantys
As três lições que aprendi buscando me tornar a protagonista da minha história

para ser protagonista da nossa história, precisamos ter consciência das nossas limitações, pois é assim que conseguiremos não nos deixar abalar pelas críticas vazias

ler mais >
sangue sagrado: uma história de autoconhecimento e reconhecimento de poder na Nigéria | pantys
sangue sagrado: uma história de autoconhecimento e reconhecimento de poder na Nigéria

num vilarejo no norte da Nigéria, meninas e mulheres têm encontrado uma poderosa ferramenta de autoconhecimento, poder e resistência contra o tabu da menstruação.

ler mais >

cool. absorbing. obvious.