frete grátis nas compras acima de R$200 ♡ siiim, por nossa conta!

0

sua sacola está pelada

massagem tântrica: prazer é liberdade

massagem tântrica: prazer é liberdade

Quando foi que a gente transformou prazer em tabu? Se ninguém fala, ninguém aprende, ninguém sente. Não faz sentido, né? Mas hoje a gente vai falar de como quebrar esse ciclo por meio da massagem tântrica e tirar nossa energia sexual da lista de “coisas que não falamos”. Ou melhor ainda, “coisas que não exercitamos”.

Nós, mulheres, passamos por muitos momentos de repressão: nossa maneira de nos portar “fecha a perna”, nossa maneira de nos vestir “que vulgar” e até mesmo nossa frequência ou quantidade de parceiros “ela é fácil”. Tudo isso fica em nós e pode dificultar e muito o nosso caminho para encontrar a plenitude não só no sexo, mas com o nosso próprio corpo também.

Além disso, poucas são as oportunidades que nos são oferecidas para descobrir mais sobre isso ao longo da vida. Mas isso está mudando (ou melhor, nós estamos mudando isso. Ainda bem! E a massagem tântrica vem se popularizando cada vez mais entre mulheres que buscam descobrir todas as potencialidades terapêuticas do prazer no sentido mais amplo possível. E já passou da hora de começarmos a explorar essa energia tão incrível que temos acesso. Junto com o prazer e a entrega, descobrimos também uma lugar incrível de autoconfiança, pois entendemos tudo de bom que nosso corpo pode nos proporcionar.

Muitas de nós nunca tiveram um orgasmo, isso pode ter a ver com diversos motivos coletivos e pessoais que nos levam a reprimir essa energia. E aí a gente acaba se culpando por não sentir prazer e, por sua vez, a culpa diminui aumenta ainda mais essa nossa dificuldade. What? Isso não é justo e só alimenta o histórico de bloqueio e do “não-prazer” feminino. Vamos nos descobrir cada vez mais e mudar para sempre a nossa história juntas?

Muitas vezes, além da culpa, carregamos a pressão por performance sexual, o que pode tornar o orgasmo muito breve e transformá-lo em algo como uma espécie de “alívio”. Essa terapia sugere que a gente deixe de pensar no orgasmo como uma finalidade, que deixemos de responsabilizar apenas o outro pelo nosso prazer. Quanto mais conhecermos o nosso corpo, mais permitiremos que o outro o conheça e participe. O pensamento é: o outro só pode acessar o que nós mesmas já acessamos.

Podemos começar a enxergar nosso corpo como alegria e de prazer, deixando essa energia habitar mais livremente. Essa energia, como todas as outras, está dentro de nós e precisa circular, pois assim estaremos ajudando não só uma, como todas as outras energias a fluírem melhor.

Assim como existem terapias para a mente, existem terapias para o corpo. Veja bem, não estamos aqui falando só de orgasmo, mas de energia.Amassagem tântrica faz parte do Tantra, uma filosofia que surgiu na Índia há mais de 5 mil anos e que tem influência de várias religiões, culturas e correntes filosóficas. O principal objetivo é estimular o autoconhecimento. Essa filosofiapropõe um pensamento sobre a bioenergética do corpo. Em resumo, se baseia na ideia de que o corpo é um meio para o conhecimento, e a nossa consciência reside também nele e não só na nossa mente.

 

a massagem / a terapia

Vamos começar quebrando alguns mitos. Massagem tântrica não é sexo, não é masturbação, não é prostituição, nem promiscuidade e não tem orgasmo como finalidade.

Então o que é? aceitação total, naturalização, libertar-se da culpa, não ter pressa, aprender a receber, consciência, circulação energética.

Massagem tântrica é a sensibilização do corpo por meio de massagem, do toque, mas também envolve muita respiração e meditação. Busca desreprimir uma das mais poderosas energias que temos: a energia sexual, chamada energia fundamental. É dessa energia que viemos, foi por ela que fomos geradas, ela pulsa vida, por isso merece tanto nossa atenção e respeito.

A massagem tântrica vem para nos ajudar a descobrir as potencialidades de prazer que estão em nós. Vem pra deixar pra lá a ideia de que prazer é restrito aos órgãos sexuais, apresentando a nossa pele inteira pode ser fonte de prazer. E, mais do que isso, vem nos fazer sentir que o prazer não é o fim, mas o começo de uma viagem de autoconhecimento e liberdade, que incentiva que a gente sinta todo esse conhecimento e acesse sensações inéditas. Imagina passar uma vida toda sem sentir as potências incríveis que somos capazes?

Ao cuidar dessa energia e usar o poder “desrepressor” do Tantra, conseguimos distribuir melhor todas as energias, como se a gente “ligasse” melhor os pontos do nosso corpo, tornando e sentindo-o inteiro e completo. Quando a gente desbloqueia essa energia, não só o prazer sexual melhora, mas toda a nossa vida, tudo começa a fluir melhor dentro da gente - até a ansiedade pode diminuir, pois liberamos aquilo que estava nos atravancando.

Essa sensibilização da massagem tântrica exige entrega total, de muita confiança com a terapeuta ou o terapeuta, pois é muito íntimo, é uma massagem que vai acessar cada centímetro do corpo.

Preferimos não descrever as etapas da massagem de fato e todas as suas possibilidades, pois acreditamos que você precisa sentir, perceber e compreender por si mesma. Essa é uma nova fonte de aprendizados que pode transformar a vida e a relação com o nosso corpo para sempre.Uma coisa podemos garantir, o principal benefício da massagem tântrica é a nossa reconexão com nosso prazer. E tem alguém que merece mais prazer que nós? Não mesmo. E queremos agora. Infinito.

E na dúvida, sugerimos que pense:por que não experimentar uma possibilidade de descobrir as potências do nosso corpo? Aliás, tirem os “nãos” do caminho, que a gente quer passar com o nosso amor! Muito amor e muito prazer <3

*Muuuito importante: procure um lugar sério e confiável, peça recomendação pra alguma amiga que já fez, leia sobre o background do seu terapeuta. Busque um lugar seguro e confortável para se descobrir.



últimos posts

mães lunares, as fadas madrinhas da modernidade
mães lunares, as fadas madrinhas da modernidade

Mãe lunar é aquela que transmite e troca saberes sobre o feminino com as meninas que estão se tornando cíclicas agora. É mais que demais, um verdadeiro resgate do que nossas ancestrais já faziam.

ler mais >
como fazer um ritual de passagem?
como fazer um ritual de passagem?

Vem que a gente explica tin tin por tin tin em como criar esse ritual moderníssimo para receber a primeira menstruação, impulsionando as meninas a crescerem mulheres conscientes e confiantes de seu poder.

ler mais >
#pantys.grls
#pantys.grls

É com muito amor, coragem e desejo de transformação que hoje lançamos a nossa nova linha para primeira menstruação, a #pantys.grls. Vem conhecer esse arco-íris de possibilidades que vem por aí!

ler mais >

cool. absorbing. obvious.

qual é o meu tamanho?