mãe, deu tudo certo!

mãe, deu tudo certo!

Mãe, hoje carrego comigo a sua voz.

E, quanto mais passa o tempo,

Mais vejo seus traços tomando forma em mim.

E não só os traços do rosto,

Muito mais que os traços de sangue,

Mas os traços da vida, da existência.

Seu traço de cuidar dos outros

Antes de cuidar de si mesma.

Ou quem sabe você é dessas que souberam sim

viver intensamente, sem seguir nenhuma receita?

Me vejo fazendo não apenas tudo que me ensinou,

Mas tudo que eu recebi de você.

Vim, aqui do futuro, dizer pra você,

Que ainda me carrega na barriga ou no colo,

que deu tudo certo!

Você me deu a melhor educação possível,

E ela não veio só das broncas,

Mas do jeito que você sempre levou a vida,

Com tanto amor.

Você me deu essa vida e mais tantas outras.

Carrego comigo minha avó também,

E minha bisavó, que nem muito sei.

Eu, mãe, sou resultado do seu cuidado.

Obrigada por todas as noites acordadas,

Por me olhar no olho e me olhar de longe,

E continuar me olhando mesmo em silêncio

Todos os minutos, mesmo eu estando a quilômetros de você,

Ou mesmo por quando não pôde me olhar como você queria,

Afinal, você é humana, mãe.

Não deve estar sendo fácil me ver no seu colo

Tão frágil,

Mas lembre-se mãe, que carrego em mim a sua força,

A força da vida.

Ainda dentro da sua barriga,

Formei todos os meus óvulos,

Que podem um dia gerar mais vida,

Do mesmo jeito que a minha avó

Produziu os seus.

Deve ser por isso, mãe, que nós mulheres

Temos esses mistérios,

Essa ligação ancestral.

Ser filha é nascer guardando no ventre

A força das mães também.

Você me fez perfeita e eu já nasci carregando em mim

As próximas gerações.

Isso nos faz ter esses poderes e sabedorias

Que nunca a ciência vai conseguir explicar, mãe.

É uma ligação ancestral

Que guardamos brota do útero.

Deve ser por isso que cabe tanta eternidade

Dentro da gente, né, mãe?

Eu sei, não é fácil ser você.

Às vezes parece que o mundo esqueceu

Que você também é mulher e é humana.

Eu ainda não sei falar, mãe

Mas aperto seu dedo pra dizer que eu

Não esqueci.

Pode errar, porque pra mim

Você sempre vai ser perfeita.

 

Você está comigo o tempo todo, mãe.

Deu tudo certo

E vai continuar dando,

Porque você me transbordou

E eu transbordo você,

E toda a força das mulheres comigo.

Então fica calma, mãe,

Suas escolhas não são feitas só com a cabeça,

Mas com sua intuição construída

Com todas as mulheres antes de nós.

Fica tranquila, mãe,

Vou estar sempre aqui,

Pedaço inundado do seu amor.

 

Obrigada por tudo!



últimos posts

outubro rosa é tempo de desabrochar nosso amor próprio
outubro rosa é tempo de desabrochar nosso amor próprio

Hoje acabamos de vez com quase todas as dúvidas sobre como se prevenir contra o câncer de mama, o que prestar atenção, como fazer o autoexame e como ter um estilo de vida não apenas para não adoecer mas para continuarmos forte na nossa jornada de desabrochar nossa força feminina para o mundo por meio do autoamor <3

ler mais >
viver é um ato político
viver é um ato político

Tudo é política e votar é exatamente como viver, é preciso analisar e levar o melhor de nós até às urnas. Talvez pareça estar mais difícil que nunca, mas já pensou que pode ser porque estamos mais conscientes que nunca? E usar isso a nosso favor é muito importante nesse momento.

ler mais >
desafios do pós-parto. amigas: ativar!
desafios do pós-parto. amigas: ativar!

Refletimos sobre alguns desafios que as mulheres passam logo após o parto e sobre como podemos apoiar a mulher que continua vivendo ali dentro, totalmente em transformação, em um ciclo revolucionariamente novo e incrível!

ler mais >

cool. absorbing. obvious.

qual é o meu tamanho?
#outubrorosa