horta caseira: 6 dicas para cultivar em locais pequenos

mão segurando um regador marrom, jogando água em um vaso de plantas com corações em um fundo rosa

Olá, amore! Você já imaginou cultivar alimentos saudáveis em sua casa ou no seu apartamento? Se você sempre pensou em ter um cantinho super especial com hortaliças livres de agrotóxicos mas não sabe por onde começar, fique com a gente que hoje vamos te mostrar como ter uma horta caseira e garantir uma alimentação saudável em um espaço pequeno de forma bem simples!

Bom, pouco se fala em agricultura sustentável, não é mesmo? Mas, você já parou para pensar na agroecologia sob a perspectiva ecológica? Essa iniciativa tem uma forte ligação com a saúde do nosso planeta e do corpo! Inclusive, essa ideia sustentável não custa caro para o nosso bolso e tem um papel importantíssimo para o nosso planeta.

Então, se você se interessou na produção de hortaliças naturalmente mais saudáveis e saborosas dentro da sua própria casa, e de quebra ter maior contato com a natureza, acompanhe a leitura que vamos apresentar um manual para você começar ainda hoje. Preparada? Vem com a Pantys!

horta caseira: o conceito que veio para ficar!

É nítido que a moda da alimentação saudável e nutritiva não é passageira! Assim como a gradual valorização dos produtores e alimentos orgânicos, a horta caseira vem ganhando cada vez mais destaque em diversos países, principalmente aqui no Brasil. Cultivar plantinhas em casa vai muito além do prazer de ter um cantinho com hortaliças saudáveis, o cuidado diário com a mini horta é uma ótima terapia para ajudar na redução do estresse.

Incrível, não é mesmo lindeza? Por menor que pareça, quando adotamos uma prática sustentável como essa, o planeta inteiro sai ganhando! <3

Se você, assim como nós, também está engajada na busca por uma alimentação saudável aliada a proteção do meio ambiente e responsabilidade social, hoje nossos holofotes estão voltados para você! E aí, pronta para desbravar nosso manual e aprender o manejo simples de hortaliças nutritivas em casa? Confira na sequência!

Manual de como cultivar hortaliças em pequenos espaços

Bem, você já viu que não precisa ter um espaço amplo para cultivar hortaliças, certo? Uma pequena área é capaz de trazer alimentos saudáveis de um jeitinho bem natural e descomplicado – sem frescuras – ou seja, como faziam nossos avós antigamente.

A primeira coisa que você precisa ter em mente é que o cultivo orgânico é diferente do sistema convencional, aqui nós priorizamos a sustentabilidade, não há nada no solo – nadinha mesmo! O sistema de produção orgânica protege todos os recursos naturais sem químicos ou sintéticos.

Além disso, vamos dar dicas para você aprender como fazer canteiros de mini hortas com materiais reaproveitados, além de dicas e processos de cultivo. Vamos lá?

1. Espaço adequado

Para o sucesso da sua horta caseira, o mais importante é escolher um cantinho da sua casa ou do seu apartamento que tenha bastante luminosidade, certo? Um local que tenha sol pelo menos quatro horas também é uma boa alternativa, desde que as plantinhas não fiquem expostas ao sol o dia todo ou receba ventos fortes.

2. Escolha o que plantar

Depois que você já encontrou o local perfeito para cultivar o seu cantinho verde, chegou a hora de escolher qual espécie deseja plantar. É importante estudar cada plantinha para saber qual tipo de solo ela vive – arenoso ou seco, se gosta de muita água ou não. Fazendo essa análise, você consegue categorizar as hortaliças que podem compartilhar o mesmo vaso.

Por isso, é fundamental saber quais espécies são "amigas" e podem compartilhar o mesmo ambiente, oferecendo condições harmoniosas para que elas sobrevivam e se desenvolvam juntas. Mas Pantys, como vou saber quais plantinhas se combinam? Calma que nós vamos te ajudar! Abaixo separamos algumas variedades que exigem os mesmos cuidados e práticas de manutenção. Confira:

  • Alface, cenoura e beterraba;
  • Alecrim, sálvia e tomilho;
  • Repolho, brócolis e espinafre;
  • Salsa e demais variedades de cheiro verde.

3. Escolha onde plantar

Sim, chegou o momento de deixar a sua imaginação te guiar! Existem inúmeras possibilidades para fazer os canteiros da sua mini horta, e todas elas podem ser com materiais reaproveitáveis, viu? Veja algumas dicas de recipientes que rendem bom vasos para cultivar suas hortaliças:

  • Pneus;
  • Garrafa PET;
  • Canos de PVC;
  • Baldes;
  • Latas;
  • Caixote de madeira;
  • Caixinha de leite.

E não para por aí! A dica da Pantys é lançar mão da criatividade e deixar o seu cantinho verde ainda mais especial e com a sua cara. Contudo, é importante ter atenção no tamanho do vaso, o tipo da raiz pode influenciar. Ah! E não se esqueça de fazer os furinhos embaixo de cada recipiente para escoar a água, certo?

Caso você escolha um vaso onde a água escorra facilmente, como no caso do caixote de madeira, forre o fundo com tecido – TNT, saco de batata, camiseta velha ou tecido especial de jardinagem – o importante é que o tecido deixe a água penetrar.

4. Prepare o vaso

Preparada para montagem do canteiro? Parece super complicado, mas pode ficar tranquila que não existe segredo! No fundo do vaso coloque uma camada de argila expandida, mas se preferir, pedra brita ou cascalho também funcionam muito bem. A dica é não ocupar mais que 10% do recipiente, certo?

Por cima da camada de pedra vem a areia doce, que serve para não compactar demais a terra. Por último e a mais importante, a camada de terra que deve ser preparada com três ingredientes: terra argilosa, areia e húmus orgânico. Se você ficou com aquela dúvida pairando pela sua cabeça, calma que nós vamos te explicar como fazer essa misturinha.

Geralmente, a proporção básica para cada ingrediente é de 1/3, mas isso não é regra! Essa medida pode variar de acordo com o tipo de planta. As espécies que necessitam mais de água preferem terra mais argilosa, neste caso você pode reduzir a quantidade de areia e aumentar a quantidade de terra. Por outro lado, as plantinhas que preferem um solo mais seco você pode fazer uma mistura com um pouco mais de areia.

5. Transfira as mudinhas para o seu novo lar

Chegou a hora de colocar vida nos seus canteiros e ressignificar aquele novo cantinho cheio de amor e consciência! Nessa altura, as mudinhas já estão prontas para ganhar um novo lar, certo? Com muito cuidado, retire a muda do local de onde vieram, solte um pouco a terra de suas raízes e transplante no seu vasinho. <3

Depois que todas estiverem compondo saudável recipiente, faça uma camada no solo com matéria orgânica – folhas secas, por exemplo. Essa cobertura é capaz de preservar todos os nutrientes daquele solo.

Algumas espécies de hortaliças como salsa, cebolinha, coentro, entre outros, tem a possibilidade de plantio com o próprio ramo ou folha. Essa técnica é bem simples, corte 2/3 da plantinha, retire todas as folhas e coloque em um recipiente com água, quando desenvolver novas raízes é só cultivá-la novamente. Inclusive, algumas hortaliças podem ser cultivadas até sete vezes. Essa forma de cultivo consiste em cortar as folhas rente ao pé, a rúcula, por exemplo, é uma delas.

6. Melhores momentos para regar

Não existe receita para isso, a dica é ter informações prévias sobre cada espécie que compõe a sua horta e observá-las. Geralmente, pela manhã ou ao final da tarde, são os horários que o sol não está tão forte, sendo o mais apropriado para regar as hortaliças. É importante sempre ficar atento ao aspecto da terra, com um palito veja se o solo está úmido, assim você vai saber quando elas estão precisando de água ou não.

Viu só que não existe segredo para fazer uma horta em casa? Espero que com as nossas dicas você possa criar e acompanhar o desenvolvimento do seu cantinho verde. Ah! não se esqueça que a lua influencia muito os fluxos das seivas das plantinhas, viu? Além das quatro fases, a lua tem outros movimentos que refletem na natureza! Antes de plantar ou colher, vale a pena consultar estes efeitos, combinado?

O que achou do conteúdo, lindeza? A sustentabilidade se apresenta como um complexo e crucial desafio na atual sociedade, então sempre vale nos aprofundarmos mais sobre o tema, né? Afinal, esse o propósito da Pantys, assumir a responsabilidade com o meio ambiente e com o nosso corpo em todos os cenários, inclusive na fabricação de uma moda sustentável, que veio para revolucionar o mundo fashion!

O campo de comentário está disponível para qualquer dúvida ou questionamento, mas se você quiser compartilhar a sua experiência com a hortinha, escreva aqui pra gente! Vamos amar saber como anda o seu cantinho!

Por hoje ficamos por aqui. Até o próximo post, lindeza! <3


deixe um comentário

os comentários precisam ser aprovados antes de postarmos, ok?

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.


calcinha shorts absorvente fluxo noturno - dreamer - pantys 7898679471725 calcinhaabsorvente calcinhamenstrual
azul e rosa preto azul e preto
calcinha shorts absorvente fluxo noturno - dreamer
1897 avaliações
R$ 135,00
best seller 🔥
calcinha absorvente - básica - fluxo moderado - pantys 7898679473040 calcinhamenstrual
calcinha absorvente - básica - fluxo moderado - pantys 7898679473040 calcinhamenstrual
preto
calcinha absorvente pantys & sempre livre - básica
2352 avaliações
R$ 79,00
best seller 🔥
calcinha absorvente - tanga - fluxo leve - pantys 7898679471824 calcinha menstrual
calcinha absorvente - tanga - fluxo leve - pantys 7898679471824 calcinha menstrual
rosa preto
calcinha absorvente fluxo leve - tanga
gotas
725 avaliações
R$ 105,00
best seller 🔥
calcinha absorvente - comfy - fluxo moderado - pantys 7898679473071 calcinha menstrual
calcinha absorvente - comfy - fluxo moderado - pantys 7898679473071 calcinha menstrual
preto e rosa rosa
calcinha absorvente fluxo moderado - comfy
269 avaliações
R$ 79,00