menarca: o que é? conheça os sinais da primeira menstruação!

A primeira menstruação — também chamada de menarca —, representa a passagem da infância para a adolescência e a vida reprodutiva. Vida reprodutiva? Sim, isso mesmo! Estamos falando de quando a menina passa a ter condições fisiológicas para ter um bebê.

Por ser uma das últimas fases da puberdade feminina, a menarca pode ser um momento confuso ao exigir que a menina lide com tantas mudanças físicas e pressões sociais. Por isso, é importante entender todos os detalhes sobre o assunto! Acontece assim: mensalmente, o corpo da mulher produz o que chamamos de óvulos. Quando um óvulo é fecundado por um espermatozóide, a gravidez passa a se desenvolver. Por isso o termo “vida reprodutiva”, sacou?

Assim, se a mulher não praticar relação sexual durante o período de ovulação ou se o óvulo não for fecundado por um espermatozoide durante o sexo, ocorre a descamação do endométrio. Sendo uma camada interna do útero, o endométrio é "descartado" pelo nosso corpo já que não será utilizado para abrigar o bebê. A todo esse processo damos o nome de menstruação!

Para te ajudar a viver esse período, nós da Pantys preparamos um conteúdo com os principais sinais do primeiro sangramento e dicas básicas. Dessa maneira, você consegue identificar os possíveis sintomas da menarca e não ser pega de surpresa! E aí, vamos aprender juntas? Afinal, ninguém precisa (e nem deve) passar por isso sozinha. <3

quais são os sintomas da menarca?

Os sintomas da primeira menstruação apontam apenas uma das diversas mudanças que acontecem no nosso corpo durante a adolescência. Nesse período, é normal que você sinta ansiedade e um medinho. Porém, o início do ciclo menstrual é algo natural e, por isso, não precisa causar tanta preocupação, certo?

No Brasil, a faixa etária em que se deve esperar a descida da primeira menstruação é dos 12 aos 13 anos de idade. Vale ressaltar que isto é uma média, não uma regra! Há vários fatores que podem influenciar na vinda da menarca, como histórico familiar, estilo de vida, dieta alimentar, níveis hormonais, por exemplo.

A medicina aponta para 3 sintomas principais que o seu corpo apresenta quando está se preparando para a menarca. Vamos conhecê-los?

crescimento das mamas

Um dos principais sinais da primeira menstruação é o crescimento e a maior sensibilidade nas mamas. Além disso, esse fator também significa que você está entrando na puberdade feminina, ou seja, que está virando adolescente!

Nesse caso, é normal que uma mama cresça um pouco mais rápido que a outra. Dessa maneira, durante os primeiros anos da adolescência, pode ser que a direita seja um pouco maior que a esquerda ou vice-versa e tudo bem, tá? Isso acontece com várias meninas!

Conforme os seios vão crescendo, é normal que as roupas fiquem mais justas na região do peito e passem a marcar o novo volume. Isso não significa que é hora de usar o primeiro sutiã. O principal indicativo de que o momento chegou é a sua necessidade de conforto!

O sutiã pode te ajudar a proteger os seios em desenvolvimento do contato de tecidos de blusas e vestidos que deixam a pele do busto mais sensível. Ou ainda, se for algo que te incomoda, o sutiã ajuda a evitar que a peça de roupa marque o bico dos seios. Caso você queira testar o uso, nossa dica é: invista em sutiãs feitos de algodão ou qualquer outro tecido que seja macio e leve para não atrapalhar a transpiração da pele!

corrimento

O corrimento também faz parte da menarca, você sabia? Ele pode começar alguns meses antes da primeira menstruação e sua cor é branca ou amarelada. Na verdade, ele não é um "corrimento", mas sim uma secreção normal da vagina que se encontra mais lubrificada. Já nos dias que antecedem o sangramento, pode ser que você apresente uma secreção mais notável, sabe?

Além disso, pode surgir também uma dorzinha no pé da barriga: a famosa cólica! Ela é uma das principais dores na primeira menstruação e, no início, é possível confundi-la com dor de barriga. Caso você sinta o incômodo, vale conversar com a sua mãe ou quem cuide de você. E não precisa ter vergonha, tá? Todas as mulheres mais velhas já passaram por isso. Aproveite para tirar as dúvidas com quem já viveu a experiência. ;)

desenvolvimento dos pelos

O crescimento dos pelos também é um dos sintomas antes de "virar mocinha". Eles começam a se desenvolver na região íntima e nas axilas e, a princípio, é fino e macio. Porém, com o passar do tempo, eles tendem a ficar mais grossos e a crescerem em maiores quantidades.

Além dos sintomas que acabamos de citar, a menarca também é antecedida pelo estirão de crescimento! Devido ao reajuste dos níveis hormonais do seu corpo que te preparam para a primeira menstruação, seu corpo ganhará estatura mais rapidamente. Esse crescimento deve diminuir com a menarca. Geralmente, a mulher cresce apenas 2 cm após a sua primeira menstruação. Mas, lembre-se: cada corpo é diferente e tem o seu próprio ritmo de desenvolvimento!

o que esperar nos primeiros ciclos?

Uma das grandes lições de quando o organismo está mudando é entender que regularidade vem com o tempo! O seu corpo estará passando por um momento de transição, portanto, você irá aprender novas coisas sobre si mesma o tempo todo.

Na menarca, os primeiros ciclos menstruais costumam ser mais irregulares. Ou seja, no começo, pode ser que o volume do seu sangramento varie bastante entre as menstruações ou que elas venham mais espaçadas do que o ciclo menstrual normal, por exemplo.

Quando se fala em período normal de menstruação, a referência é a duração de 1 mês com 3 a 8 dias de sangramento. Mas saiba que o tempo, a sua percepção e o acompanhamento ginecológico dirão exatamente qual é a normalidade do seu próprio ciclo. Tenha paciência e esteja sempre preparada com o seu tipo de absorvente favorito na mochila para casos de emergência!

O recomendado é que elas não usem pílula nos dois primeiros anos de menstruação (quando ainda não há ovulação). Cada caso deve ser avaliado por um ginecologista e cada dia mais cresce o número de garotas que dizem não às pílulas.

menstruei cedo. há motivo para culpa ou vergonha?

É claro que não, amiga! A menarca é um momento de grandes transformações e, principalmente, de diálogo com o seu próprio corpo e com pessoas de confiança que possam te ajudar a viver essa fase da vida com tranquilidade.

Se a menarca da menina acontecer antes dos 8 anos, é importante consultar o pediatra para que se investigue a vinda da primeira menstruação mais cedo do que o esperado. Esse quadro clínico é chamado de puberdade precoce e cada situação exige um tipo de cuidado.

A maioria dos casos não tem uma causa definida, por isso o tratamento pode variar desde o simples acompanhamento do desenvolvimento do corpo da menina até o uso de medicamentos que adiam a menarca precoce. A decisão é feita com base nos sintomas que seu organismo apresenta e no estudo dos possíveis efeitos que eles podem gerar no aspecto social e psicológico da menina.

Afinal, a menarca é vista em diversas culturas como o fim da infância e, a partir disso, a menina deve ser vista como mulher responsável por lidar com situações pertencentes ao mundo dos adultos. Contudo, os tabus que rodeiam essa questão podem impactar negativamente a vida da menina que está apenas iniciando um novo momento em sua vida. A menarca se trata mais de um período de transição do que ruptura!

Aos papais e mamães, vale o alerta! Quanto mais cedo vocês criarem um canal de comunicação que seja aberto e franco com suas filhas, mais fácil será para elas compartilharem suas dúvidas e medos em relação à primeira menstruação e toda a pressão social que elas podem sentir com a chegada dela. Orientações sobre virgindade, masturbação feminina, relacionamentos afetivos, depilação e higiene íntima, por exemplo, são essenciais para que as meninas se tornem mulheres mais confiantes e saudáveis!

Ah, é normal que os pais não tenham todas as respostas, ok? O ponto crucial é que juntos vocês possam buscar informações em fontes seguras e verdadeiras. Assim como mostrar às meninas que a infância e a adolescência são períodos tão importantes quanto a fase adulta, logo não precisam ser vividos às pressas!

como lidar com a primeira menstruação

Ao ter os primeiros sinais da menarca, principalmente o corrimento mais notável e a cólica, vale a pena apostar no kit de Primeira Menstruação da Pantys para sentir-se mais segura e preparada.

Dessa maneira, além de iniciar a nova etapa sem descartáveis e zelando pelo meio ambiente, também é possível sentir-se mais tranquila e confortável logo nos primeiros ciclos. Assim, é possível amenizar os efeitos da menstruação que causam dor e mal-estar e ter mais qualidade de vida.

Entre outros itens, o kit conta com uma bolsa térmica, ideal para aliviar as cólicas menstruais. Além disso, as calcinhas absorventes da linha girls — também voltadas para os primeiros fluxos — são variadas e capazes de agradar a diferentes gostos.

Elas são super absorventes, impermeáveis, possuem secagem rápida e ajudam a eliminar as bactérias e os fungos causadores das infecções e do mau cheiro. A numeração vai do 10 ao 16 e dura uma média de 50 lavagens. Ah! O melhor é ter de três a quatro calcinhas absorventes para iniciar a vida menstrual sem problemas e livre dos descartáveis, certo?

Viu? Passar pelos sintomas da primeira menstruação não precisa ser complicado. Converse com mulheres mais experientes. Durante esse período (recheado de descobertas), é importante procurar por informações e referências. E claro que você também pode contar com a Pantys! O nosso post "Afinal, você sabe por onde sai a menstruação?" é um ótimo conteúdo para você ficar por dentro do assunto! Clique aqui e fique à vontade para ler!

Nos vemos por lá, amore <3


conteúdo revisado pela ginecologista:

Dra Mariana Camargo - CRM140441

instagram:@dra.marianacamargo

o nosso portal menstrual é totalmente focado em fins educacionais e não se destina à tomada de decisões médicas. qualquer dúvida específica sobre sua saúde, entre em contato com seu ginecologista ou médico para maiores esclarecimentos, ok?



deixe um comentário

os comentários precisam ser aprovados antes de postarmos, ok?

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.