frete grátis acima de R$200 \o/

0

sua sacola está pelada

a puberdade feminina e as belezas da transformação

a puberdade feminina e as belezas da transformação | pantys

Nós, mulheres, passamos por inúmeras transformações ao longo da vida. Como sempre falamos aqui, somos cíclicas e essa é uma das belezas de ser mulher. Entre as nossas tantas fases, a puberdade feminina é um momento muito marcante e recheado de novidades.

O corpo muda, o humor fica diferente e até mesmo o tom de voz passa por alterações — esses são alguns sinais da puberdade feminina. Por isso, nós da Pantys resolvemos conversar um pouco sobre esse período tão importante. Vem com a gente entender melhor o porquê de todas essas mudanças!

Espelho, espelho meu, o que está acontecendo com o meu corpo?

Mudanças, transformações e mais mudanças. Provavelmente iremos usar bastante esse termo aqui. Uma característica marcante desse período são as mudanças que acontecem no nosso corpo e marcam as fases da puberdade feminina.

Primeiro, tudo começa com o tal do estirão, quando passamos a crescer mais rapidamente e a escutar comentários como: “Nossa, ela está grande!”. Esse é, provavelmente, um dos primeiros sinais que você irá perceber, mas sem saber exatamente o que está acontecendo.

Se o seu peso aumentar ou começar a tomar proporções diferentes, como um quadril mais largo e uma cintura mais fina, saiba que isso é normal e faz parte da puberdade feminina! Claro, nem sempre percebemos o que está mudando, apenas nos sentimos diferentes e até mesmo estranhas dentro da nova estrutura. Mas relaxa, tá tudo bem <3.

Os primeiros sinais de que a puberdade chegou

Apesar de todas essas mudanças no corpo feminino na adolescência, tem uma que é responsável por marcar oficialmente o início da puberdade feminina — e não, não é a menstruação. Na verdade, o que caracteriza o primeiro sinal de que este momento chegou é o surgimento do broto mamário.

O desenvolvimento dos seios acontece por etapas, e a primeira delas é a elevação da papila, seguida do aparecimento do broto mamário. Os passos seguintes são caracterizados pelo aumento da mama e da aréola, depois a sua projeção saliente em relação ao contorno da mama e, por fim, a saliência da mama.

Ou seja, dependendo da fase do desenvolvimento do seio, é possível saber que já é o início da puberdade feminina. Além disso, existem todas as outras mudanças corporais que falamos, como a altura do contorno do corpo.

Pera, isso não estava aqui antes....

Outra coisa que você provavelmente irá perceber como um dos sintomas da puberdade feminina é o surgimento de pelos no corpo. Claro, nas pernas e nos braços eles já eram mais comuns, mas pode ser que, até nessas regiões, eles comecem a engrossar ou mudar a quantidade.

Entretanto, a diferença notável são os pelos pubianos e nas axilas. Afinal, de onde eles saíram mesmo? O pelo funciona como uma proteção para a pele e, ao longo do tempo, sua quantidade, espessura e comprimento irá mudar.

Outro ponto que você provavelmente vai sentir diferença é no odor. Sim, seu cheirinho vai ter novas características. Isso porque as glândulas sudoríparas também cresceram e aumentaram o seu nível de produção.

Ou seja, agora, depois de praticar esportes, talvez você sinta um odor diferente que não estava lá antes. Isso faz parte de se desenvolver é totalmente normal, viu? ;)

Hormônios? O que tenho a ver com isso?

Tudo isso que falamos acontece por uma razão: a produção de hormônios. Eles sempre estiveram em seu organismo, mas, a partir da puberdade feminina, passam a ser produzidos em maior quantidade.

A consequência disso é o aumento da altura, o aparecimento das acnes, o aumento do útero, a presença de pelos e todos os outros sinais que falamos anteriormente. E tudo isso é normal, faz parte do amadurecimento do nosso corpo e da adolescência e puberdade.

Menarca: ou primeira menstruação

Menarca é o nome dado para a primeira menstruação. Ao contrário do que muitas pessoas pensam, não é ela que marca o início da puberdade. Até porque, para que os óvulos e outros órgãos femininos estejam desenvolvidos o suficiente para que esse evento aconteça, é necessário já ter passado por algumas etapas da puberdade.

Ou seja, os hormônios já estavam sendo liberados há algum tempo para que o corpo fosse se preparando para esse acontecimento. Afinal, a menstruação também marca o momento em que a mulher passa a poder gerar uma vida. Para que isso aconteça, é necessário ter uma estrutura corporal capaz de viver esse momento.

A menarca também não é o fim da puberdade, ela está mais ou menos ali no meio desse processo. Os pelos ainda estão em fase de mudança, o corpo ainda está se alterando (e vai permanecer assim por um bom tempo) e o seio ainda não chegou em sua última etapa de desenvolvimento.

Dicas que podem ajudar com a puberdade

Mudanças corporais e de humor, tudo ao mesmo tempo, podem assustar! Por que estou me sentindo assim hoje? Por que parece que nada está no lugar? Esses são alguns questionamentos que podem aparecer nessa fase.

Mas queremos lembrar que por mais curioso que possa ser, as transformações que temos ao longo da vida são lindas. Sabendo disso, separamos algumas dicas que podem ajudar neste processo:

  • Converse com a sua mãe e amigas, elas já passaram ou também estão passando por isso. Esse momento de troca é super enriquecedor e você perceberá existem meninas sentindo o mesmo que você;
  • O seu corpo está mudando e não é só você que irá perceber isso. Então, caso não se sinta à vontade com brincadeiras ou comentários de colegas, é importante dizer como se sente em relação a isso para que eles parem;
  • Você provavelmente vai perceber um aumento na oleosidade da sua pele que pode resultar em acnes. Se isso estiver te incomodando, vale uma visita ao dermatologista para saber a melhor forma de lidar com a situação;
  • Tudo bem se você quiser começar a passar mais tempo sozinha no seu quarto, esse tipo de sentimento pode aparecer e é normal. Inclusive, é importante termos momentos a sós para refletir sobre a vida;
  • Não se compare com as outras meninas. Algumas irão se desenvolver mais rápido e outras devagar, cada organismo tem o seu ritmo. Então, não se preocupe com isso ;),
  • Sabemos que a questão corporal é importante para nós, mulheres. Por isso, é importante ressaltar que fazer comentários em relação ao corpo das suas amigas pode magoá-las. É aquela coisa de não fazer com os outros o que não queremos que façam com a gente, né? Precisamos nos unir e não criticar ou zombar as mulheres ao nosso redor.


últimos posts

huumm….o cheirinho da pantys | pantys
huumm….o cheirinho da pantys

Quando decidimos criar esse aroma, pensamos em cada nota para que ele traduzisse um pouquinho do que enxergamos sobre as mulheres do futuro.

ler mais >
coronavírus, uma oportunidade | pantys
coronavírus, uma oportunidade

Oi! pra quem ainda não me conhece, eu sou a Fe Cortez, ativista ambiental e idealizadora do Menos 1 Lixo. essa é a minha estreia como colunista convidada aqui no blog da pantys, e hoje, vim bater um papo com vocês sobre o momento que estamos vivendo.

ler mais >
fazendo a minha mandala lunar | pantys
fazendo a minha mandala lunar

Mandala lunar é uma forma de nos conectarmos com nossos corpos nesse momento. você já conhece? é uma espécie de diário criado pelas mulheres com o objetivo de aumentar nossa conexão com o corpo, a terra e nossos ciclos naturais, especialmente o menstrual.

ler mais >

cool. absorbing. obvious.

vem juntinho!