afinal, como fazer higiene íntima feminina? vamos descobrir juntas

A higiene íntima é uma questão que merece muuuuita atenção e precisa ser feita de maneira mega equilibrada. Na prática, isso quer dizer que se a não fizermos uma higiene bem certinha e adequada, (nem de menos e nem em excesso), poderemos apresentar alterações no PH vaginal e, consequentemente, pode ocorrer o surgimento de corrimentos.

Por isso, é super importante estar por dentro de todos os detalhes sobre a higiene íntima para manter uma rotina de limpeza adequada e equilibrada. Pensando nisso, selecionamos cinco dicas essenciais de cuidados com a higiene íntima feminina. Vamos conferir? Vem com a gente ;)

1 - lave a região íntima com água e sabão

Durante o banho, a higiene íntima deve ser feita com água em abundância e sabonete íntimo líquido com pH entre 4,2 e 5,9. Nesse momento, o melhor é evitar o uso de sabonetes comuns, já que eles são alcalinos, fator que pode causar irritação na pele da vagina e optar pelos sabonetes neutros, de glicerina.

Ah, também é importante dispensar as buchas, tá? A forma correta de fazer higiene íntima é usando as mãos para passar o sabão e jogar água, sempre com calma e de maneira delicada para evitar atritos na pele da vagina, já que é um pouco mais fina e sensível.

2 - não use duchas vaginais

Tenha em mente que para manter uma rotina de higiene íntima equilibrada não é preciso fazer duchas, combinado? A higienização do canal vaginal pode comprometer o crescimento dos Bacilos de Doderlein, que são responsáveis pela manutenção do pH ácido, que ajuda a evitar a proliferação de microorganismos causadores de doenças e infecções.

3 - use lenços umedecidos somente quando necessário

Quando o assunto é higiene íntima feminina, é importante falar sobre os lencinhos. Deixe para usá-los somente em banheiros públicos ou químicos como uma alternativa. Se utilizados frequentemente, eles podem causar irritação ou provocar a hipersensibilidade na pele da vigina devidos aos componentes.

4 - fique de olho na higiene após o contato íntimo

A higiene íntima após a relação sexual é imprescindível para evitar a formação de quadros de infecção, como a candidíase, por exemplo. Sendo assim, depois do contato íntimo, procure fazer xixi para “limpar” o canal da uretra. Além disso, também é válido fazer uma rápida higienização com água e um pouquinho de sabonete íntimo ;)

5 - evite o uso do protetor diário

Sabe aquela mancha clarinha que aparece na calcinha? Às vezes ela surge de maneira bem tímida, quase imperceptível, mas também pode se manifestar em maior quantidade. E sem problemas, tá? Ela nada mais é do que uma secreção natural do nosso corpo.

Para driblar essa situação, muitas meninas recorrem ao protetor íntimo diário, mas ele não deve ser usado frequentemente porque aumenta a umidade e impede a circulação de ar na região da vulva, colaborando com a proliferação de bactérias causadoras do mau cheiro e de doenças.

Caso as secreções estejam te deixando muito desconfortável, o melhor é procurar um médico, certo? E além de evitar o uso desses pequenos absorventes, evite também os tradicionais. Como alternativa, aposte nas calcinhas pantys.

você já conhece a tecnologia presente nas calcinhas da pantys?

As nossas calcinhas absorventes são super high-tech, laváveis, reutilizáveis, confortáveis, sustentáveis e, claro, super higiênicas! Ou seja, tudo de bom! Elas são feitas com um tecido impermeável, respirável e antibacteriano, que evita a proliferação de bactérias e, consequentemente, o mau odor.

Super funcionais, as calcinhas absorvem todo tipo de líquido, como a menstruação, o suor, os possíveis escapes, o corrimento e outros fluidos naturais do corpo da mulher.

Além disso, as peças também contam com um design super moderninho e lindo, e são o resultado da soma da beleza, do conforto, da funcionalidade e da sustentabilidade! Assim, fica mais fácil se tornar amiga do seu fluxo e do meio ambiente ;)


conteúdo revisado pela ginecologista:

Dra. Carla Nunes. CRM: 101113-2

Instagram: @dra.carlanunes

o nosso portal menstrual é totalmente focado em fins educacionais e não se destina à tomada de decisões médicas. qualquer dúvida específica sobre sua saúde, entre em contato com seu ginecologista ou médico para maiores esclarecimentos, ok?



deixe um comentário

os comentários precisam ser aprovados antes de postarmos, ok?

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.