frete grátis acima de R$200 \o/

0

sua sacola está pelada

projeto verão: precisamos dele?

Quando o inverno vai embora e o sol passa a dar as caras com mais frequência. Em paralelo, as academias ficam mais cheias. As manchetes dos veículos e os posts nas redes sociais começam a falar do chamado projeto verão. Mas será que ele realmente vale a pena?

Em geral, esse projeto consiste em uma ideia principal: estar com um corpo adequado — independentemente do que isso signifique — quando o verão chegar. Isso porque os eventos com piscina e viagens à praia aumentam consideravelmente e todos buscam alcançar um certo padrão corporal.

Ou seja, hora de começar a dieta e pegar firme na rotina de exercícios, certo? Para nós da Pantys, não. Se o seu único objetivo é emagrecer para atingir algum número específico na balança apenas para o verão e o resto do ano não cuidar da sua saúde, isso não fará bem ao seu organismo. Vamos aprofundar um pouquinho essa conversa?

Não precisamos alcançar nenhum padrão

Quando falamos em projeto verão, o que está em jogo é uma busca por um padrão de beleza. Durante boa parte do ano, quem costuma aderir ao projeto, em geral, não segue hábitos alimentares saudáveis ou uma rotina de atividades físicas.

Emagrecer rapidamente apenas para estar em um padrão sequinho por alguns meses não faz muito sentido. Aliás, toda essa ideia de corpo de verão não tem sentido. Apenas para sair “bem” em algumas fotos? No final do dia, o que isso realmente significa? Vale a pena fazer essa mudança radical com o seu organismo?

Precisamos entender que cada uma de nós tem um tipo de corpo específico e especial. Tudo bem querer mudar, ficar mais magra ou mais musculosa, mas faça isso por você e não por uma estação ou pelas fotos.

E, se mudar é o seu objetivo, é importante desenvolver um plano a longo prazo, respeitando os seus limites. Não apenas um projeto de verão que será abandonado um tempo depois.

Autoaceitação: um exercício necessário

Já que os exercícios estão em pauta hoje, que tal falarmos da importância da autoaceitação? Isso tem tudo a ver com assuntos como o projeto verão! Às vezes estamos relativamente tranquilas com o nosso corpo ou até mesmo nem pensando muito sobre o assunto.

E aí chega o verão. E parece que malhar e emagrecer é uma obrigação de todas as mulheres, alcançar o tal corpo para o verão. Agora é hora de focar. Não, pera lá. Vamos começar do começo: você quer focar em alguma coisa? Por que? Está mudando os hábitos por que busca uma mudança de vida ou apenas para algo momentâneo?

Sim, precisamos nos perguntar esse tipo de coisa. Até onde estamos fazendo algo por que queremos e não por que somos influenciadas? Às vezes, parece que o mundo não quer que a gente se aceite ou que estejamos bem com nós mesmas. Afinal, se aquela menina linda e magra não está satisfeita com o próprio corpo, por que eu estaria?

Vamos com calma, não é bem assim! Cada um tem suas metas e você não precisa ter o corpo igual ao daquela outra mulher para ser feliz. Você pode, sim, estar confortável com as suas curvas ou com o corpo magrinho, que também é alvo de julgamentos. O importante — e vamos frisar aqui — é o que você acha! Essa é a única opinião que importa <3

Essa também é uma questão de saúde

Além de todo o debate acerca da questão “atingir um corpo perfeito”, precisamos lembrar que a nossa saúde também está em jogo quando seguimos uma dieta para o verão. Isso porque o seu metabolismo estava acostumado a certos hábitos de alimentação e exercícios.

Agora, quando você resolve mudar isso completamente de uma hora para a outra, com uma dieta de verão rigorosa, ele vai sentir a diferença. E, bom, quando você voltar à sua rotina normal quando o verão terminar, ele sentirá de novo.

Por isso, vale lembrar que o acompanhamento de um profissional de nutrição é importante quando você desejar fazer dieta ou para aprender a se alimentar corretamente :)

Esses impactos não são positivos ao organismo. O corpo fala conosco a todo instante, pode perceber: a pele muda, podendo ressecar ou aumentar a oleosidade; o cabelo cai, além de muitos outros sinais. Isso tem a ver com alimentação, exercícios e os seus sentimentos, é claro, pois quando passamos por momentos difíceis, o corpo dá sinais disso.

Fazer exercícios físicos é ótimo

Não queremos condenar o exercício físico aqui, muito pelo contrário! Ele é muito importante para a saúde. Inclusive, os médicos sempre recomendam manter uma atividade frequente, podendo ser desde uma caminhada até yoga, vôlei ou outro esporte.

Então, nesse sentido, é só escolher a sua modalidade e se jogar. Vale lembrar que o acompanhamento de um profissional é importante. Desta forma, é possível monitorar os seus progressos e até mesmo evitar lesões que podem ser causadas por uma atividade física muito intensa em um corpo que não está acostumado.

Se joga no verão sem medo de ser feliz!

Agora que já sabemos que não precisamos de um corpo ideal para aproveitar a estação, temos mais algumas dicas que podem deixar tudo ainda melhor. Primeiro, quando estiver na piscina ou na praia, perceba o corpo das outras mulheres. Todas temos estrias, celulites e os mais diferentes formatos de corpo.

Então, não se preocupe em alcançar um padrão. Dito isso, há mais um tópico importante: como é viajar menstruada no verão? Você deixa de fazer algo? Pois saiba que não precisa! Mesmo estando menstruada, você pode nadar e aproveitar todos os destinos, com a tecnologia absorvente da nossa nossas calcinhas e moda praia.

Em parceria com a AHLMA, desenvolvemos uma linha de biquínis e maiôs que são absorventes. Ou seja, com eles você pode tomar sol tranquilamente! Os modelos são lindíssimos e indicados para dias de fluxo leve.



últimos posts

pequeno manual antirracista: dez lições para entender as origens do racismo e como combatê-lo | pantys
pequeno manual antirracista: dez lições para entender as origens do racismo e como combatê-lo

A gente traz uma leitura imprescindível pra abraçar a luta antirracismo. Vamos nos informar juntas e estar conscientes de como podemos contribuir?

ler mais >
28 de junho: amor é amor | pantys
28 de junho: amor é amor

Hoje é dia 28 de junho, Dia do Orgulho LGBTQIA+, vamos falar sobre o direito de amar? <3

ler mais >
amigas crescem juntas | pantys
amigas crescem juntas

No último texto da nossa série sobre relacionamentos, vamos falar sobre amizade, essa palavrinha mágica que preenche um espação em nossas vidas e que também tem que estar equilibrada para todo mundo crescer junto.

ler mais >

cool. absorbing. obvious.