frete grátis acima de R$200 \o/

0

sua sacola está pelada

podcasts: conhecimento para nossos ouvidos

Amigas, os podcasts já fazem parte da sua vida? Para quem ainda não entendeu muito bem essa novidade, a gente explica: os podcasts são conteúdos em formato de áudio, disponíveis para download ou para serem escutados via aplicativos de música, como Spotify ou Deezer, em dispositivos móveis. Geralmente eles são divididos por episódios, cada um com uma reflexão dentro de um tema específico, ou seja, existe uma frequência nessa produção de conteúdo, que pode ser diária, semanal, quinzenal, etc. Hoje vamos refletir não apenas sobre as maravilhosidades desse formato, mas também por que ele está conquistando cada vez mais pessoas e o que podemos tirar disso. Afinal, a comunicação é a nossa forma de evoluir no mundo, então, é importante parar e analisar novas fontes de conhecimento que temos disponíveis.  

Já perceberam que estamos o tempo todo sendo estimuladas por conteúdos visuais? Sempre atentas à telinha de nossos celulares, consumindo informações sobre a vida de pessoas, marcas e notícias, quase tudo imagético. E, no meio desse universo, voltaram com tudo os podcasts, que são conteúdos sonoros sobre temas específicos. Mas será que eles podem ajudar com a ansiedade que sentimos em meio a tanta informação? Por ser um formato de conteúdo mais longo e geralmente mais aprofundado, pode nos auxiliar a respirar e a refletir mais profundamente do que os milhares de conteúdos fragmentados? Nós achamos que sim.

Por aqui, amamos essa “nova” moda porque ela indica que mais pessoas estão preocupadas em se informar de forma profunda e com frequência. Uma necessidade de organizar toda a informação produzida de forma fragmentada em um só lugar que fosse de fácil acesso. Gostamos também do fato de não saber a aparência física de quem está falando, apenas seu nome e seus conhecimentos sobre o assunto, que é o que, de fato, importa, né? É como se fosse um programa de rádio mobile, mas que podemos escolher os temas que nos interessam e ouvirmos quando quisermos. Deu pra perceber que a gente é meio viciada, né? Aqui vão 4 reflexões que fizemos sobre podcasts e o momento atual da nossa sociedade:

  • uma espécie de jornal da nova era - informação com começo, meio e fim.

Para nós, a primeira possível razão dessa explosão dos podcasrs vem de uma necessidade de consumirmos conteúdos que tenham começo meio e fim. Como dissemos aqui nesse texto, o feed não tem fim - e ele mistura muitos assuntos ao mesmo tempo: desde fotos de bebê até notícias políticas super importantes. Dessa forma, sentimos que estamos o tempo todo em contato com notícias em tempo real, mas, ao mesmo tempo, vemos a mesma informação repetida muitas vezes e de forma muito fragmentada. Os podcasts vêm com a proposta de uma temática específica e tempo definido, e isso nos permite explorar e refletir melhor, dedicando um tempo a essa reflexão. Muito parecido com o ritual de ler um jornal, os podcasts têm se tornado um hábito na vida de várias pessoas do Brasil e do mundo.

  • diferentes pontos de vista e áreas/especialidades.

Acreditamos que um dos motivos para os podcasts no formato 'mesa-redonda' serem os preferidos no Brasil atualmente, seja o poder que tem em reunir pessoas de diferentes áreas, formando assim um ponto de vista mais amplo e diverso sobre o assunto. Isso pode minimizar um pouco a parcialidade dos conteúdos e trazer debates pertinentes É como se pudéssemos ler diferentes fontes em um só lugar e, assim, fica mais fácil formar o nosso próprio ponto de vista. Existe então uma ponderação sobre o assunto, as pessoas podem sair com uma opinião diferente da que entraram, elas chegam com um ponto de vista, mas abertas a discutirem em diálogos francos. Não é um conteúdo que vem para provar alguma coisa, ele vem para expor e discutir. Claro que nunca é neutro, mas os debates são os protagonistas e não a necessidade de provar um ponto. Existem outros formatos de podcasts, mas o mais popular e amado atualmente é o de mesa redonda.

  • prático e possível de conciliar com outras atividades.

Jeito fácil de consumir conteúdos. Texto e vídeo exigem que você se dedique só a isso, já o podcast você pode escutar enquanto faz outras coisas. Ganhamos tempo. Você consegue escutar no trajeto para o trabalho ou para casa, fazendo faxina ou tomando café da manhã, começando o dia já bem informado.

  • temas que amamos de forma aprofundada.

Se você ainda não é adepta dessa “rádio da modernidade”, pode começar por produtores de conteúdos no Instagram, por exemplo, que fazem também podcast. Assim o ponto de partida é um ponto de vista que já se identifica e, provavelmente, as reflexões que virão podem ser relevantes para seu universo. Outra opção é escolher temas como ciência, política, cultura, ficção científica, astrologia... é um universo inteiro de possibilidades para começar e testar. Garantimos que pode ser muito divertido e que, provavelmente, rapidinho pode ser tornar um hábito.

Quer umas dicas? Aqui vão alguns dos podcasts de maior sucesso no Brasil: Mamilos, “Durma com essa” do Nexo Jornal, Anticast, Naruhodo, Nerdcast, Um Milkshake chamado Wanda, Expresso Ilustrada, Café da Manhã, Foro de Teresina, Mundo Freak e infinitos outros.

E você, já é adepta dessas ondas sonoras de conhecimento? Tem algum podcast para compartilhar com as amigas? Fala aqui nos comentários e vamos espalhar nossos preferidos. Independentemente da forma, o importante é sempre estarmos atentas, refletindo sobre o que acontece à nossa volta, ouvindo diferentes opiniões para seguirmos conscientes e bem informadas diante de nossas escolhas. Informação é poder! <3 Então que tal trocar uma horinha nas redes sociais por um podcast sobre algo que você ama? Super recomendamos experimentar.



últimos posts

pequeno manual antirracista: dez lições para entender as origens do racismo e como combatê-lo | pantys
pequeno manual antirracista: dez lições para entender as origens do racismo e como combatê-lo

A gente traz uma leitura imprescindível pra abraçar a luta antirracismo. Vamos nos informar juntas e estar conscientes de como podemos contribuir?

ler mais >
28 de junho: amor é amor | pantys
28 de junho: amor é amor

Hoje é dia 28 de junho, Dia do Orgulho LGBTQIA+, vamos falar sobre o direito de amar? <3

ler mais >
amigas crescem juntas | pantys
amigas crescem juntas

No último texto da nossa série sobre relacionamentos, vamos falar sobre amizade, essa palavrinha mágica que preenche um espação em nossas vidas e que também tem que estar equilibrada para todo mundo crescer junto.

ler mais >

cool. absorbing. obvious.