frete grátis acima de R$200 \o/

0

sua sacola está pelada

para você, o que realmente significa namorar?

para você, o que realmente significa namorar? | pantys

Será que a gente sabe, de verdade, o que é namorar? Esse termo tão antigo e que usamos e repetimos como se fosse muito simples e único, pode guardar infinitas possibilidades. Geralmente amor não é o que falta, são diálogos abertos e francos, por isso lançamos essa pergunta em nosso Instagram - e, claro, vocês devolveram um taaantão de amor e de aprendizados pra gente.

Percebemos que não é assim tão fácil definir e, mais interessante ainda, essa mesma palavra pode representar ideias totalmente diferentes de pessoa pra pessoa. Isso mostra a importância de refletir sobre o tema para termos mais consciência das nossas necessidades e assim sermos muuuito mais felizes com quem a gente ama.

O mundo está mudando numa velocidade louca, estamos evoluindo muito intelectualmente e, junto com essa evolução do pensar, é essencial também a evolução do sentir. Estamos nos questionando e revolucionando, então nada mais natural do que fazer uma pausa para refletir e ressignificar.

Então, vamos conversar? Inspiradas nas respostas mais frequentes e mais incríveis, trazemos aqui embaixo algumas possibilidades do que é namorar hoje em dia, para inspirar que cada um chegue a sua própria conclusão, livres de rótulos.

Muita gente falou pra gente que namoro é algo muito parecido com algumas amizades profundas e a gente AMOU isso. Isso nos fez pensar que no inglês, a palavra “namorar” nem existe ao pé da letra, a língua refere-se ao namoro e também a qualquer outro tipo de relação como relationship. Se é um namoro, apenas adicionamos o termo “sério”, resultando em serious relationship. Que bonito é viver nesse tempo em que conseguimos enxergar amor no sentido mais amplo e não apenas o amor romântico que tem que ter um nome oficial ou caber em uma caixinha, o amor pode e deve ser multiplicado em todas as nossas relações.

Recebemos um questionamento (em vez de resposta) que achamos interessante demais para guardar só pra gente: por que será que temos essa necessidade de tentar encontrar um par amoroso nessa vida? Algumas disseram que era para ter uma companhia todos os dias, outras que buscavam planejar e sonhar um futuro junto com alguém, deixando ele menos incerto. Enxergamos também uma grande possibilidade de evolução espiritual quando nos relacionamos profundamente com alguém - mas é importante lembrar que não é apenas em um namoro que temos essa chance, né? E que bom, pois hoje temos o privilégio de escolher como queremos evoluir.

Talvez namorar sejaa qualquer formato de relacionamento profundo e diário. E quando mergulhamos bem fundo, é como criar e nutrir juntos uma estação de rádio, que sintoniza uma terceira frequência que não é sua nem da outra, mas vem da soma. E essa é uma escolha que exige um investimento de energia imenso para criar uma frequência harmônica todos os dias - ou melhor, para criar uma relação pacífica o suficiente para aceitar que terão dias de muitos ruídos, e escolher seguir em frente mesmo assim.

Talvez namorar seja   construir um “não-lugar”, onde as leis e as regras da nossa sociedade, que tudo mensura e nos pede um resultado final, não valem nada. O que vale são as emoções das pessoas envolvidas (tomara que no futuro todas as relações sejam assim!). É criar regras, testar as regras e depois mudar as regras, com o objetivo único de continuar dividindo a nossa jornada com alguém.

Talvez namorar seja   sair de dentro de si e deixar que alguém entre e se sinta à vontade para viver a bagunça que mora dentro da gente. E que delícia que é essa perda de controle, né?

Talvez namorar seja  como quando falamos “estou namorando uma ideia”. Quando dizemos isso, é uma espécie de desejo e vislumbre de um futuro que não se pode ver por inteiro, exatamente como quando estamos namorando alguém e sabemos que sempre terão mistérios que nunca teremos acesso. E aceitar essas sombras é libertador, porque é exatamente isso que permite que o outro e a vida nos surpreenda.

É da maior importância, inclusive, namorarmos a gente mesma, como uma forma de oficializar que “estamos nos conhecendo melhor”. E não é bem isso que estamos fazendo nessa jornada de autoconhecimento e autoamor? Cuidar da nossa saúde, separar um dia todo para passarmos sozinhas, apreciando nossa própria companhia, tudo isso envolve muito amor - aquele amor que a gente exerce mesmo quando ninguém vê. Tem relacionamento mais sério e eterno que esse? A gente acredita que não.

Uma grande potência presente em um relacionamento, seja ele qual for, é a nossa capacidade de construir um universo inteirinho dedicado ao sentir e ao entendimento de outra pessoa (ou da gente mesma), um poderoso exercício de empatia. Para nós, namorar ou se relacionar, é o que você e outra(s) pessoa(s) junto com você quiser que seja!

E para você, o que é namorar? O que você valoriza em uma relação? Conta pra gente sua visão, quanto mais falarmos e nos ouvirmos, mais podemos abrir nossa cabeça para a nova era que estamos construindo, e nessa nova era podemos criar a forma que a gente quiser de se relacionar. O importante é amar, amar e amar. <3



últimos posts

Celebrar e honrar: movimentos contemporâneos que nos levam adiante | pantys
celebrar e honrar: movimentos contemporâneos que nos levam adiante

Acreditamos que acompanhar e apoiar ativamente os movimentos atuais pautados na cultura negra nos leva muito adiante, enquanto indivíduos e sociedade. Vamos reverberar esses projetos incríveis?

ler mais >
novembro consciente: é tempo de praticar nossos conhecimentos | pantys
novembro consciente: é tempo de praticar nossos conhecimentos

Hoje listamos 5 passos para atravessarmos esse mês cheio de promoções com a plenitude de uma mulher do futuro, que escolhe as empresas com as quais se envolve com consciência.

ler mais >
período fértil: a fase mais alto astral do nosso ciclo | pantys
período fértil: a fase mais alto astral do nosso ciclo

Nosso corpo nos envia vááários sinais de que está ovulando e, quando aprendemos a ler essas mensagens, temos o poder de viver da melhor forma possível essa fase que é pura vida e alto astral.

ler mais >

cool. absorbing. obvious.