frete grátis acima de R$200 \o/

0

sua sacola está pelada

nutrir amizades com presença = amor

nutrir amizades com presença = amor | pantys

Um novo ano se inicia e com ele cresce a vontade de conversar sobre metas, objetivos e realizações físicas e profissionais. Mas e as realizações emocionais? Hoje vamos falar da importância de dedicarmos tempo de qualidade às nossas relações, uma das coisas mais lindas e que nos faz mais humanas nesse mundão. Com o uso das redes sociais, podemos ter a impressão de estar sempre presentes na vida de nossos amigos e amigas, mas será que estamos perto mesmo?

Acompanhamos de longe muitas fotos, viagens, sentimentos, e parece que sabemos de tudo. Mas, acompanhar a vida virtual, não significa saber o que se passa no coração e na experiência individual de um ser humaninho, não é mesmo? E sabemos que falando assim parece óbvio, mas vale a pena prestar atenção nessa falsa impressão de estarmos presentes que acaba nos distanciando cada vez mais, diminuindo os encontros físicos e as conversas verdadeiras, uma coisa tão essencial e que nos faz sentir vivas.

A experiência de vivermos cercados por tecnologia ainda é algo recente, por isso precisamos parar para refletir e entender melhor seus efeitos sobre nós mesmas e lembrar que é importante mantermos os olhos atentos ao ponto mais importante de todos: as pessoas que amamos, porque é isso que realmente importa acima de tudo. São essas amizades que tornam nossa jornada mais leve, feliz e cheia de memórias incríveis.

Quando postamos, dificilmente queremos mostrar momentos ruins e tudo bem. A vida que transmitimos online não corresponde a nossa existência por inteiro e, por isso, é preciso ir muito além das postagens diárias de nossas amigas, buscando saber como elas se sentem, o que estão passando ou precisando. Será que só dar um like, mandar um emoji ou um áudio grande é nutrir, de fato, uma amizade? Ainda mais no contexto feminino em que é tão comum nos pegarmos “não querendo incomodar”, fica ainda mais difícil de saber se aquele “tá tudo ótimo” é verdadeiro ou ela só quer nos poupar. Mas quando o encontro é ao vivo, fica mais fácil ler e mostrar que estamos dispostas a ouvir e ajudar, pessoalmente é que acolhemos de verdade.

Não estamos aqui para cobrar ou dizer que interagir só online com as amigas está errado, queremos apenas jogar uma luz sobre assunto e entender podemos melhorar e voltar a nos conectar profundamente com nossas amigas. Vamos pensar juntas em como fazer diferente e melhor, como resgatar e fortalecer os nossos laços com essas pessoas maravilhosas. Afinal, não estamos vivendo sozinhas nesse mundão, não é mesmo? E essa é a melhor parte.

Não queremos dizer aqui que enviar mensagens é algo ruim, aliás, a tecnologia ajuda muito a manter uma frequência, especialmente com as amigas que moram longe. O que não podemos é substituir os encontros olho no olho, em que sentimos um abraço apertado que melhora o dia ou entendemos como a pessoa está só de olhar. Já notou que nunca temos tempo para marcar um encontro com as amigas, mas ficamos horas no celular? Talvez a gente esteja esquecendo toda a mágica que acontece quando encontramos alguém pessoalmente mas nós, mulheres do futuro, não vamos deixar isso acontecer.

Para começar, podemos colocar na nossa rotina um tempo de qualidade para viver com as pessoas que são importantes pra gente, tipo marcar na agenda mesmo, sabe? Igual compromisso de trabalho. Pode ser um chá, um almoço, um encontro curto para colocar o papo em dia, o importante é deixar existir olho no olho, e não só olho no celular, quando escutamos verdadeiramente, criamos diálogos profundos e que transformam nossa perspectiva e nos permite aprender muito.

Como segundo passo, vamos juntas retomar esse tempo de escuta mais longa? As redes sociais fragmentam as nossas relações e o tempo e acabamos esquecendo o quanto elas são importantes em suas diferenças e profundidades. Em alguns dias queremos falar muito, em outros, quem vai falar mais é a nossa amiga e isso é lindo, aprendemos ao mesmo tempo a esperar e a ser completamente livres. Não podemos ignorar essa necessidade de compartilhar experiências, algo tão fundamental e humano. Isso nos faz sentir menos só.

Você já quis desmarcar um encontro com amigas porque estava se sentindo muito cansada e, quando chegou lá, percebeu que aquele tempo era incrível e deixou você com as energias renovadas? Isso acontece porque o contato humano é uma forma de ganharmos força para seguir em frente. Não podemos focar apenas na produtividade, o nosso corpo e a nossa mente também pedem afeto, toque. Isso nos faz sentir. Parar de pensar e sentir. Isso é grandioso e toca diretamente nosso coração. É aí que nos fazemos presentes, nutrindo amizades e cultivando amor dentro da gente.

Tempo e presença significam amor.

Vamos nos encostar, olhar no olho, nutrir e alimentar, dando forças para aquilo que mais importa no mundo: amar as pessoas e ser amada por elas. Vamos florescer um novo mundo, um mundo quentinho de calor humano, com gente perto de gente. Vamos juntas!



últimos posts

huumm….o cheirinho da pantys | pantys
huumm….o cheirinho da pantys

Quando decidimos criar esse aroma, pensamos em cada nota para que ele traduzisse um pouquinho do que enxergamos sobre as mulheres do futuro.

ler mais >
coronavírus, uma oportunidade | pantys
coronavírus, uma oportunidade

Oi! pra quem ainda não me conhece, eu sou a Fe Cortez, ativista ambiental e idealizadora do Menos 1 Lixo. essa é a minha estreia como colunista convidada aqui no blog da pantys, e hoje, vim bater um papo com vocês sobre o momento que estamos vivendo.

ler mais >
fazendo a minha mandala lunar | pantys
fazendo a minha mandala lunar

Mandala lunar é uma forma de nos conectarmos com nossos corpos nesse momento. você já conhece? é uma espécie de diário criado pelas mulheres com o objetivo de aumentar nossa conexão com o corpo, a terra e nossos ciclos naturais, especialmente o menstrual.

ler mais >

cool. absorbing. obvious.

vem juntinho!