manual de introdução à ginecologia natural

manual de introdução à ginecologia natural

“As flores do meu jardim

serão minhas enfermeiras”

[Violeta Parra]

Com essa citação começa o livro maravilhoso que indicaremos hoje. Já pensou se alguém ficasse quase uma década pesquisando práticas naturais de cura da saúde sexual feminina por toda a América do Sul e catalogasse esses aprendizados para nós? Pois bem, Pábla Perez San Martín nos presenteou com esta obra que acaba de ser lançada em sua terceira edição, mais completa do que nunca, o “Manual de Introdução à Ginecologia Natural”.

Estamos sempre falando que autoconhecimento e autocuidado são importantes, que a escola não ensina muito sobre anatomia feminina, que precisamos nos conectar com nosso útero, certo? Esse manual nos guia para conseguirmos resolver várias dessas questões, de forma simples, prática e muito afetiva. Pábla é chilena, investigadora social, escritora e parteira tradicional, a partir de seus estudos de sociologia, pesquisou alternativas naturais para a cura ginecológica por meio de ervas medicinais.

Poderíamos dizer que é o manual da mulher moderna, mas é também da mulher ancestral e esse é um ponto central do livro: o moderno é ser ancestral, buscando alternativas holísticas de cura. Essa volta às raízes é muito importante para respeitarmos as mulheres que vieram antes de nós e para aprendermos com elas sobre a força da natureza externa (plantas) e da natureza interna (corpo).

“A igreja diz: o corpo é uma culpa.

A ciência diz: o corpo é uma máquina.

A publicidade diz: o corpo é um negócio.

O corpo diz: eu sou uma festa.”

[Eduardo Galeano]

Olha, a gente já indicou muito livro por aqui, mas se pudéssemos escolher só um essencial, com certeza seria este. Amigas, é uma revolução! É uma apresentação não apenas da nossa anatomia profunda do nosso, o que ela faz muito bem nos primeiros capítulos, mas das diversas camadas que compõem o nosso ser. Ela traz uma visão integrada de mente, corpo e espírito, nos lembrando que não somos matéria física com vida mas uma energia que habita um corpo, por isso precisamos dedicar tempo não apenas para a cura de doenças, mas para desconstrução de crenças e de traumas que podem estar se manifestando por meio delas.

“Tudo isso não serve de nada se não estivermos conectadas com o nosso processo, recorrendo à raiz profunda que nos faz adoecer, trabalhando sobre ela”

Um ponto importante que já encontramos na introdução do livro é que as plantas e ervas não trabalham sozinhas, elas ajudam e acompanham processos de cura conscientes, nos ajudam na medida em que nós mesmas queremos nos curar.

O que esse manual nos propõe é um cuidado ginecológico mais autônomo, de maneira alguma ele se propõe a substituir as práticas médicas, o que mais aprendemos é como funcionamos, como usar o poder das ervas e como podemos usar a sabedoria ancestral para equilibrar nosso ser a partir do nosso útero - também conhecido como “o coração da mulher”, por guardar nossas energias criativas e ser o ponto central de nossas emoções.

“Muitas vezes nossos parceiros e médicos conhecem nossa vulva e vagina antes da gente”

Quando olhamos para nossa energia sexual sem uma visão fragmentada, ficamos mais próximas de encontrar o equilíbrio com a totalidade do nosso ser. Tudo está conectado e temos o poder e a força de nos curarmos em muitos sentidos, a partir de observações e rituais simples, prevenindo problemas futuros e vivendo em paz com a mulher que somos.

Segue um spoiler do índice para vocês espiarem um pouquinho do que vão encontrar nessa maravilhosidade:

-Capítulo 1:Corpo e energiauma declaração de princípios

-Capítulo 2:A mulher e a medicina -a usurpação da nossa sexualidade

-Capítulo 3:Descolonizar o nosso corpoautodeterminação perante o patriarcado e a medicina

-Capítulo 4:Do it yourself -saúde por e para mulheres

-Capítulo 5:As plantas medicinais -preparação

-Capítulo 6:Alimentação -mulheres que alimentam: fonte nutritiva, criadora e vital

-Capítulo 7:Útera -espaço sagrado

-Capítulo 8:Ciclo menstrual -a roda da vida

-Capítulo 9:Os hormônios -os nossos mensageiros de energia

-Capítulo 10:Fertilidade -sementes criadoras em expansão

-Capítulo 11:Gestação, parto e amamentaçãorecuperar a nossa força ancestral

-Capítulo 12:A plenopausa -segunda primavera

-Capítulo 13:Infecções ginecológicas

-Capítulo 14:Câncer -um olhar integrado

-Capítulo 15:Aborto ou perda gestacional -cuidados posteriores

-Capítulo 16:A matriz ferida- ao reencontro com a Mãe

Vamos ler muito e mergulhar no autoconhecimento e no autocuidado que vem de séculos atrás e que tentaram apagar, mas nós vamos resgatar e usar com muita honra, retomando nosso poder sobre nós mesmas. A partir do momento que fazemos isso, estamos abrindo caminho não só para nós, mas para as mulheres das próximas gerações. Vamos juntas!



últimos posts

Exercícios de Kegel: desvende os mistérios do método com a Pantys! | pantys
exercícios de Kegel: desvende os mistérios do método com a pantys!

os exercícios Kegel não são um método exclusivo para melhoria da performance sexual da mulher, também são uma ótima maneira de conseguir um fortalecimento realmente benéfico da musculatura da pélvis.
ler mais >
volta ao mundo em mitos menstruais | pantys
volta ao mundo em mitos menstruais

hoje faremos uma volta ao mundo explorando os diferentes tipos de mitos relacionados à menstruação presentes em diversas culturas. vem!?
ler mais >
puerpério: o que é, quanto tempo dura e por que falar dele? | pantys
puerpério: o que é, quanto tempo dura e por que falar dele?

o nascimento de um novo serzinho geralmente é visto como um momento de grande felicidade para a família, não é mesmo? Enquanto os olhos de todo mundo se voltam...

ler mais >

cool. absorbing. obvious.