fase dois: folicular | lua crescente | primavera

fase dois:  folicular | lua crescente | primavera

Esse mês, aqui no Blog, estamos falando sobre as 4 fases do nosso ciclo menstrual sob várias perspectivas: desde hormonal até cósmica, buscando entender os efeitos do ciclo sobre a gente e assim ser mais compreensivas com essas 4 mulheres diferentes que podemos ser.

Para entender melhor do que estamos falando e entender o texto de hoje, recomendamos voltar e ler o texto anterior, é só clicar aqui: #SomosCíclicas Fase 1 - Menstruação.

E se você já leu o último texto, é só seguir viagem aqui mesmo!

 

Para começar, é importante relembrar que nosso ciclo pode ser dividido em 4 fases principais:

Fase 1:Menstruação (sangramento)  

Fase 2: Folicular

Fase 3:Ovulação

Fase 4: Lútea

 

Hoje é dia da Fase 2: Folicular, que começa assim que acaba a fase menstrual, ou seja, assim que termina o último sinal de sangramento e dura até quando começamos a ovular.

 

A Kareemi compartilhou seus conhecimentos sobre os porquês dessa fase ser associada com a Primavera e a Lua Crescente:

A Kareemi é facilitadora da Ginecologia Emocional e desenvolveu um workshop inteirinho com conhecimentos aprofundados sobre o tema. O curso é online e ela disponibilizou um desconto pra gente <3 É só clicar aqui e colocar a hashtag #somoscíclicas.

 

A visão científica

O ciclo menstrual é a secreção alternada de quatro hormônios principais:

1.   Estrogênio

2.   Progesterona

3.   LH (Hormônio Luteinizante)

4.   FSH (Hormônio Folículo Estimulante)

 

Sendo que os dois primeiros são produzidos principalmente pelos ovários e os dois últimos secretados pela hipófise, que é uma glândula do sistema endócrino. Eles não são os únicos hormônios envolvidos nesse processo e capazes de influenciar o nosso comportamento, mas são os mais importantes, por isso vamos focar neles pra efeito didático, ok?

Podemos dizer que um dos principais hormônios da Fase 1 é o FSH, o Hormônio Folículo Estimulante que, como o próprio nome diz, estimula os folículos, que são uma espécie de casquinha cheias de fluídos para abrigar o óvulo e protegê-lo até ele amadurecer. Cada folículo abriga e protege um óvulo não desenvolvido. Ou seja, 1 folículo = 1 óvulo não desenvolvido.

Diferente da primeira fase, em que todos nossos hormônios estavam baixinhos baixinhos, aqui eles começam a aumentar (por isso a associação à Lua crescente). Afinal, nosso útero já se renovou na Fase 1, com a eliminação da menstruação, e agora está começando a se preparar de novo para receber uma possível gravidez, caso seja essa a sua escolha.

Todos os folículos então recebem estímulos dos hormônios, mas geralmente um deles se torna dominante e é daí que vem uma informação importantíssima: geralmente, apenas 1 óvulo vai se desenvolver completamente! Diferente dos homens que produzem espermatozóides periodicamente,todas as mulheres já nascem com todos os seus óvulos, temos aproximadamente 400 mil, e a cada ciclo amadurecemos apenas um ou dois deles. Não é genial?

Então, nessa fase Folicular, nosso corpo está começando “os trabalhos” para ovular, deixando tudo maravilhoso pra gente ter um óvulo maduro (o que só vai acontecer de fato na Fase 3).

Mas foca aqui: além de um óvulo amadurecendo, o útero também tem que se preparar para criar um ambiente favorável, certo? Por isso, ao mesmo tempo que o FSH aumenta, o estrogênio também aumenta. O estrogênio é o hormônio responsável por formar as camadas internas do útero (endométrio), deixando o útero forte e cheio de nutrientes, pronto para receber esse óvulo - ou para menstruar.

Essa fase é quando todos os hormônios que estavam baixinhos lá na menstruação começam a aumentar! Então aqui já começamos a sentir mais ânimo, energia, começamos a nos sentir mais fortes - estamos florescendo.

Nessa fase o muco pode ter cor branca leitosa. Por sua consistência e PH, esse muco facilita que o esperma “nade” por ele, podendo sobreviver nele por vários dias (é uma perfeição chocante, né?). Então, se não quiser engravidar, nessa fase já é melhor tomar cuidado, porque os espermatozóides podem sobreviver até você chegar na próxima fase, a ovulatória). O que não quer dizer que você não pode aproveitar essa lubrificação toda, né? É só se proteger e ser feliz!

Percebeu a semelhança com a Primavera? Ela é uma estação mais amena, entre inverno e verão - sendo o Inverno a Menstruação, o recolhimento, e o Verão, a ovulação, o “período solar”. Na Primavera é quando as flores surgem, e você sabia que a função deste florescimento na natureza é o início da época de reprodução de muitas espécies de árvores e plantas? Por isso essa fase é associada a essa estação: porque estamos florescendo, nosso óvulos estão amadurecendo para a fase fértil que está por vir. É lindo demais, somos natureza pura!

Ao mesmo tempo, essa fase é também a Lua Crescente - se antes, na Lua Nova, não havia muita luz, agora começamos a ver seu brilho novamente, vemos a Lua crescendo mais uma vez no céu. É isso que acontece com a gente: nossos hormônios, agora, estão “crescendo”, aumentando de novo, se preparando para mais vida. Somos cósmicas demais também!

Já falamos do Inverno/Lua Nova e da Primavera/Lua Crescente.

No próximo texto vamos falar sobre a estação mais quente e sobre a lua mais brilhante, a Fase 3: Ovulação - o Verão e a Lua Cheia da terceira mulher do nosso mês. Nos vemos por lá!

 

#Diálogos: aqui, tentamos deixar o mais didático possível todas as informações, o objetivo não é dar uma aula de medicina ginecológica e sim dialogar com vocês, até por isso gostamos de misturar tudo: medicina, misticismo, todas as visões possíveis… e, para isso acontecer e caber em um texto, a gente adaptou algumas terminologias complicadas e conceitos médicos. Mas é importante lembrar que nada substitui a leitura de livros didáticos e a visita a um médico ginecologista! E, caso queira conversar ou dar alguma sugestão, estamos sempre aqui (:



últimos posts

outubro rosa é tempo de desabrochar nosso amor próprio
outubro rosa é tempo de desabrochar nosso amor próprio

Hoje acabamos de vez com quase todas as dúvidas sobre como se prevenir contra o câncer de mama, o que prestar atenção, como fazer o autoexame e como ter um estilo de vida não apenas para não adoecer mas para continuarmos forte na nossa jornada de desabrochar nossa força feminina para o mundo por meio do autoamor <3

ler mais >
viver é um ato político
viver é um ato político

Tudo é política e votar é exatamente como viver, é preciso analisar e levar o melhor de nós até às urnas. Talvez pareça estar mais difícil que nunca, mas já pensou que pode ser porque estamos mais conscientes que nunca? E usar isso a nosso favor é muito importante nesse momento.

ler mais >
desafios do pós-parto. amigas: ativar!
desafios do pós-parto. amigas: ativar!

Refletimos sobre alguns desafios que as mulheres passam logo após o parto e sobre como podemos apoiar a mulher que continua vivendo ali dentro, totalmente em transformação, em um ciclo revolucionariamente novo e incrível!

ler mais >

cool. absorbing. obvious.

qual é o meu tamanho?
#outubrorosa