enxaqueca e ciclo menstrual... tem relação?


Por: Dra. Juliana Sperandio. Ginecologista, feminista, amante de uma boa conversa, apaixonada pela vida e por como o nosso estilo de vida pode influenciar a saúde e permitir a conexão corpo-mente.

O primeiro ponto, e talvez mais importante é: nem toda dor de cabeça é enxaqueca!

vamos lá! se você nunca teve uma crise de enxaqueca, com certeza conhece alguma mulher que sofre com isso, certo? o que é super importante para o tratamento é ter a certeza que de realmente se trata de uma crise enxaquecosa.

Para o correto diagnóstico, o mais adequado é que a ginecologista trabalhe em conjunto com neurologista e equipe multidisciplinar para melhor condução e cuidado da paciente. Estes dois profissionais juntos conseguirão realizar o diagnóstico mais certeiro sobre suas dores, para buscar tratamentos adequados. E, caracterizar bem a enxaqueca e o tipo da mesma é essencial para tratamento adequado e melhora dos sintomas.

Normalmente, os sintomas de uma crise de enxaqueca são:

  • normalmente de um lado da cabeça 😓

  • gatilhos associados (alimentação, estresse..) 🤯

  • possível fotofobia ❌🔦

  • fonofobia ❌🔈

  • possível náusea 🤢

chato, né? a enxaqueca é muito comum, atingindo até 17% da população feminina, sendo que dessas, até 25% apresentam piora dos sintomas de acordo com a fase do ciclo menstrual.

qual a relação da enxaqueca com o ciclo menstrual?

Tem relação direta com os hormônios femininos que variam ao longo do ciclo, especialmente com o estrogênio. 

A primeira fase do ciclo menstrual, pré ovulatória, é a fase em que temos mais estrogênio circulando no corpo. Após a ovulação, há um aumento do hormônio progesterona e uma queda do estrogênio quando comparado à primeira fase. É nesta hora que os sintomas tendem a aparecer ou piorar, no periodo pós ovulatório e perimenstrual (pré-menstrual e durante a menstruação).

Quais são os possíveis tratamentos para enxaqueca?

  • Terapia hormonal, especialmente para enxaqueca que piora no período menstrual (com cuidado para o tipo de hormônio, mulheres com enxaqueca com áurea não podemos utilizar um tipo de hormônio específico pelo risco de eventos vasculares)

  • Medicações específicas que auxiliam na melhora da dor e redução da recorrência das crises

  • Nutricional: ajustes focando na dieta anti inflamatória e identificando gatilhos para enxaqueca

  • Acupuntura

  • Osteopatia

  • Exercícios físicos

  • Yôga e meditação

São muitas possibilidades de tratamento que podem contribuir muito para a melhora da qualidade de vida de quem sofre com crises de enxaqueca. Procure ajuda profissional, evite a automedicação e vamos juntas sempre se informando e buscando o melhor para o nosso corpo e mente ❤️


deixe um comentário

os comentários precisam ser aprovados antes de postarmos, ok?

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.