8 de março: um chamado!

Ilustração de mãos sobrepostas

Por que existe Dia da Mulher? Todo dia não é dia da mulher? Para que uma data só para isso? Por que é em Março? E por acaso, dar flores ofende?

Acreditamos que se questionar é um dos caminhos mais fáceis para a evolução, ir em busca de respostas e estar informada é uma das mais verdadeiras ferramentas de empoderamento!

O dia da Mulher é mais que uma data comemorativa. Esse dia - e porque não mês - é como um dia-manifesto, que existe para celebrar a luta que começou lá atrás e continua todos os dias. Para fortalecer o feminismo dentro de cada uma de nós.

Nós enxergamos o dia da mulher sob três lados principais: memória, homenagem e chamado. Preservar a memória de todos os direitos já conquistados, ajuda a impedir que retrocessos aconteçam, ameaçando o que foi conquistado. Já homenagear e celebrar as mulheres do passado e de hoje, nos ajuda a enxergar o quanto nosso papel é importante. E, por último, e mais importante: essa data como um chamado para continuar essa luta diariamente pois ainda tem muito a ser conquistado.

Por que dia 8 de março?

Sem dúvida nenhuma, a terrível e famosa tragédia do incêndio em uma fábrica têxtil de Nova York em 1911, quando quase 150 operárias morreram carbonizadas, foi um dos marcos na trajetória de lutas feministas do século 20, mas a verdade é que a data não é atribuída a um evento em especial, mas a uma série de acontecimentos que datam de bem antes da tragédia.

No século 19, com a entrada das mulheres no mercado de trabalho, com jornadas de e salários absurdos, a luta pelos direitos das mulheres eclodiram em muitos lugares do mundo. Mulheres dos Estados Unidos, Rússia, Dinamarca e muitos outros países já haviam iniciado a mobilização feminista por direitos iguais entre os gêneros, tendo, inclusive, celebrado dias nacionais das mulheres em outras datas.

Apenas em 1977 o "8 de março" foi reconhecido oficialmente pelas Nações Unidas como Dia Internacional da Mulher, mas, hoje em dia, não só o dia 8 como também todo o mês de março é dedicado a garantir que ninguém esqueça dessa luta, que mais direitos sejam alcançados e que os já conquistados jamais sejam perdidos.

 

Mulheres brasileiras

Por aqui, no Brasil, foram grupos anarquistas do início do século 20 que começaram a luta em prol das mulheres, batalha que ganhou força com o movimento das sufragistas, que eram a favor do direito de voto para todos - direito conquistado pelas mulheres apenas em 1932 (inclusive já indicamos um filme com esse tema nesse texto aqui)!

Desde então, os movimentos a favor da igualdade de direitos entre os gêneros vem crescendo e se mostrando cada dia mais necessários para a construção de uma sociedade mais justa.

Listamos abaixo algumas conquistas marcantes na história da mulher no Brasil, para celebrar e não esquecer:

 

1932: Primeira atleta mulher nas Olimpíadas.

1934: Mulheres conquistam direito de voto.

1975: O reconhecimento da importância do feminismo na promoção do movimento pela Anistia.

1978: Primeiro Congresso da Mulher Metalúrgica..

1985: Primeira Delegacia da Mulher (em São Paulo).

1985: Criação do Fundo de Desenvolvimento das Nações Unidas para a Mulher (Unifem).

1987: Mulheres lideram o Lobby do Batom e tem 80% das reivindicações aprovadas, entre elas a igualdade jurídica, de direitos e responsabilidades na família e a definição do princípio da não discriminação por sexo e raça-etnia.

1996: Inclusão do sistema de cotas na Legislação Eleitoral, obrigando os partidos a inscreverem, no mínimo, 20% de mulheres nas chapas proporcionais.

1990: Multiplicação de ONG’s e serviços de atendimento à Mulher.

1996: Primeira mulher a ocupar a presidência da Academia Brasileira de Letras, a escritora Nélida Piñon.

1998: Primeira mulher a presidir a sessão do Congresso Nacional (senadora Benedita da Silva).

2006: Torna-se crime qualquer forma de violência contra a mulher: física, moral ou psicológica pela Lei Maria da Penha.

2000 e próximo (tópico em construção, escrito por nós): igualdade salarial, diminuição da violência, aumento na participação política: <3

 

Não me dê (só) flores (Momento de mobilização)

O questionamento sobre o valor dessa data passa muito pela apropriação comercial dela. Por muito tempo esse dia acabou tornando-se um dia para patrões presentar suas funcionárias com flores e outros presentinhos "femininos", para o mercado vender mais desses produtos, o que acabou fazendo com que essa data não parecesse tão importante assim.

O Dia Internacional da Mulher é sim um dia de comemoração, de celebrar os direitos que conquistamos até hoje. Mas muito além disso, é um dia para lembrarmos de todas que lutaram para que conquistássemos esses direitos, para recordar da importância dessa luta, da igualdade de direitos, para que nunca percamos os direitos conquistados e para que, juntas, lutemos por mais igualdade entre os gêneros.

E é exatamente por isso que sim, nos dê flores, mas muito além disso, nos dê direitos iguais, nos dê respeito, nos dê humanidade.

 

Somos poderosas - é só questão de perspectiva

Se às vezes você se pergunta se toda essa luta, problematização, busca por soluções e celebrações valem a pena, fazem alguma diferença na história, pode ter certeza que sim, vale muito a pena!

Se a gente parar para reparar, qualquer data especial é uma chance de quebra no tempo normal, nos fazendo mergulhar em coisas históricas, fatos marcantes, épicos. E isso nos ajuda a enxergar a história em perspectiva. Já percebeu que conseguimos admirar o que aconteceu nos anos 20, em 60? Quando estamos dentro da grande transformação, pode ser difícil entender a dimensão, mas um dia também faremos parte do passado, então precisamos conseguir nos colocar em perspectiva e ver como somos importantes - e um dia nossa luta será muito admirada.

Imagine só a quantidade de energia e força que não geramos quando, nesse dia e mês, unimos nossas reflexões, pensamentos e ações em prol dos direitos das mulheres?

Juntas somos muito poderosas!


deixe um comentário

os comentários precisam ser aprovados antes de postarmos, ok?

Este site é protegido por reCAPTCHA e a Política de privacidade e os Termos de serviço do Google se aplicam.


calcinha shorts absorvente fluxo noturno - dreamer - pantys 7898679471725 calcinhaabsorvente calcinhamenstrual
azul e rosa preto azul e preto
calcinha shorts absorvente fluxo noturno - dreamer
1897 avaliações
R$ 135,00
best seller 🔥
calcinha absorvente - básica - fluxo moderado - pantys 7898679473040 calcinhamenstrual
calcinha absorvente - básica - fluxo moderado - pantys 7898679473040 calcinhamenstrual
preto
calcinha absorvente pantys & sempre livre - básica
2352 avaliações
R$ 79,00
best seller 🔥
calcinha absorvente - tanga - fluxo leve - pantys 7898679471824 calcinha menstrual
calcinha absorvente - tanga - fluxo leve - pantys 7898679471824 calcinha menstrual
rosa preto
calcinha absorvente fluxo leve - tanga
gotas
725 avaliações
R$ 105,00
best seller 🔥
calcinha absorvente - comfy - fluxo moderado - pantys 7898679473071 calcinha menstrual
calcinha absorvente - comfy - fluxo moderado - pantys 7898679473071 calcinha menstrual
preto e rosa rosa
calcinha absorvente fluxo moderado - comfy
269 avaliações
R$ 79,00