torção de ovário: o que é e quais as consequências | Pantys

torção de ovário é rara, mas consequências merecem atenção. vem que a gente te explica!

Você já ouviu falar em torção de ovário? Apesar de acontecer com poucas mulheres, uma incidência de 0,167%, essa situação é grave e merece atenção. Por isso, esse é o assunto da nossa conversa de hoje. :)

Quando falamos sobre torção de ovário, ouvir os sinais do corpo pode, literalmente, evitar que uma situação mais complicada aconteça. Nós explicamos todas as informações que você precisa saber sobre esse tópico a seguir. Vamos juntinhas aprender sobre saúde feminina?

ocorrência da torção de ovário

É normal questionar: o que é torção de ovário e como ocorre? Afinal, essa não é uma condição muito comentada. Mas, a gente explica como ela funciona: é possível que o ovário ou uma trompa de Falópio torça dentro de você.

É observada com mais frequência em mulheres em idade reprodutiva entre 20 e 40 anos de idade, podendo inclusive ocorrer durante a gravidez. Mais raramente, mas também é observada em lactentes, crianças, adolescentes e em mulheres menopausadas.

fatores que causam a torção

Afinal, o que é e o que causa torção de ovário? Rotação ou torção do ovário ao redor de seus suportes ligamentares, que pode bloquear o fluxo sanguíneo para o ovário e para as tubas uterinas, que é considerada uma emergência cirúrgica.

Portanto, obter um diagnóstico correto o mais rápido possível é fundamental para preservar eventos adversos que possam resultar na perda do ovário, das tubas uterinas ou de ambos.

E qual é a causa? Na verdade, não existe uma causa específica para a torção, mas, geralmente, ela acontece quando o ovário está maior. Portanto, cistos, tumores, gravidez nas trompas e malformação de órgãos internos são algumas condições que aumentam as chances disso acontecer.

sintomas da torção de ovário

Sempre falamos sobre a importância de ouvir os sinais que o nosso corpo dá. Assim, torção de ovário e sintomas são um exemplo disso. Confira os sintomas comuns relacionados à torção:

      <
    • dor abdominal;
    • náusea;
    • vômito,
    • sensibilidade pélvica e abdominal.

Muitas vezes, achamos que cólicas e dores abdominais são normais, então, sofremos em silêncio. Entretanto, se você sentir dores insistentes ou muito fortes, a melhor decisão é visitar a sua ginecologista.

diagnóstico e tratamento

A suspeita do médico surge com o relato dos sintomas pela paciente, mas, para fazer o diagnóstico da torção de ovário, é necessário realizar a ultrassonografia transvaginal.

O diagnóstico e a intervenção precoces são necessários para preservar a função ovariana. A cirurgia laparoscópica é o tratamento de escolha para preservar a função ovariana normal e a fertilidade.

A suspeita do médico deve surgir quando a paciente relata os sintomas, mas, para fazer o diagnóstico da torção de ovário, é necessário realizar a ultrassonografia transvaginal.

caso Busy Philipps

Em 2017, a atriz Busy Philipps evitou uma cirurgia porque visitou o médico a tempo. Na época, ela comandava um podcast chamado “Nós não somos médicos”, que abordava a importância das pessoas evitarem a automedicação e irem ao hospital quando não estiverem se sentindo bem.

Foi justamente o que Philipps fez ao ter dores abdominais fortes. No hospital, os médicos a diagnosticaram com torção ovariana e, no caso dela, a cirurgia não foi necessária porque o ovário voltou sozinho para a posição. Entretanto, o relato mostra como as dores devem ser tratadas de maneira séria, pois, assim, é possível evitar complicações.

consequências da torção

As consequências da torção de ovário são graves, por isso precisamos falar sobre o assunto, para diminuir a quantidade de casos críticos. Essa condição é considerada uma emergência médica e pode levar a uma cirurgia de urgência.

Quando acontece uma torção no ovário esquerdo ou direito, há um bloqueio do fluxo sanguíneo na região, atingindo os ovários e as tubas. Se a situação prolongar-se por tempo considerável, é possível perder o ovário por necrose.

Por isso, queremos reforçar a importância de não ignorar a dor e visitar um médico: essa atitude pode, literalmente, salvar seus ovários e suas tubas.

maneira de evitar a torção de ovário

Não existem grandes segredos em como evitar torção de ovário porque a causa está relacionada com o aumento do órgão. Portanto, a melhor de maneira de prevenir essa situação é por meio dos exames de rotina.

Assim, a sua ginecologista poderá observar se existe algum cisto ou tumor na região. Se constatar algo, ela irá indicar um tratamento, e você ficará mais atenta aos sinais do corpo, principalmente, em relação às cólicas e outras dores pélvicas.

autocuidado é ouvir o próprio corpo

Na correria do dia a dia, a gente sabe que, nem sempre, ouvimos os sinais que o corpo nos dá. Aliás, até ouvimos, mas nem sempre cuidamos da questão com a rapidez que ela merece. Então, vamos juntinhas fazer esse exercício de autocuidado, priorizando a nossa saúde? <3

conteúdo revisado pela ginecologista:

Dra. Arabela Versiani. CRM-MG: 46656

instagram: @draarabela

o nosso portal menstrual é totalmente focado em fins educacionais e não se destina à tomada de decisões médicas. qualquer dúvida específica sobre sua saúde, entre em contato com seu ginecologista ou médico para maiores esclarecimentos, ok?


cool. absorbing. obvious.