Entenda mais sobre o sangue menstrual | Pantys

sangue menstrual: vamos entender mais sobre ele?

Ele dá o ar da graça todo mês e, apesar de ser um alívio para aquelas que não desejam engravidar, é algo que causa certo desconforto e até nojinho em algumas pessoas que menstruam. Se você pensou em sangue menstrual, acertou, amiga! É isso mesmo ;)

Hoje o nosso papo em busca de autoconhecimento tem como ponto central o sangue da menstruação, que ainda é motivo de tabu para algumas pessoas, vergonha para outras, e levanta diversas dúvidas. Vamos juntas entender mais sobre o nosso organismo e os sinais que o corpo dá por dele? Então vamos nessa!

de onde o sangue menstrual vem?

Para entender mais sobre esse sangue, é importante voltar lááá no começo e saber de onde ele vem e como se forma. Funciona mais ou menos assim: a parte interna do útero é revestida por uma camada de células que cria o que os médicos chamam de endométrio, que é como se fosse uma espécie de ninho para guardar o bebê quando se forma o quadro de gravidez.

No entanto, quando a gestação não acontece, o nosso corpo precisa achar um jeito de se livrar dessa camada para criar outra novinha para a próxima ovulação. E é aí que surge o processo de descamação do útero (do endométrio, mais precisamente) que vira sangue e desce todo mês.

sinais de que está tudo certinho com o sangue menstrual

A cor da menstruação é um fator que diz muito sobre a sua saúde íntima. Quando está tudo bem, o seu sangue menstrual costuma adquirir uma tonalidade bem vermelha, podendo variar entre o vermelho mais vivo e intenso e aquele vermelho mais escuro, que às vezes fica meio vinho ou parecendo borra de café, sabe?

O vermelho vivo é mais comum nas meninas que possuem um fluxo menstrual mais intenso. Isso acontece porque o sangue da menstruação percorre o canal vaginal com mais velocidade e chega na calcinha com uma tonalidade bem parecida que tem quando ainda está lá no útero — aquele vermelho vivo.

Já o sangue mais escuro costuma ser recorrente nas meninas que têm um fluxo menstrual mais tranquilinho. Dessa maneira, ele passa pelo canal vaginal mais lentamente, chegando na calcinha mais escurinho porque teve contato com o oxigênio no meio do caminho.

Ficou meio confuso? Então chega mais: sabe quando você corta uma maçã ao meio, come uma metade e deixa a outra lá na cozinha? Logo ela fica um pouco mais escura, certo? Isso acontece porque ela teve contato com o oxigênio.

O mesmo se dá com o nosso sangue menstrual: quando ele leva mais tempo para chegar à calcinha ou quando demoramos para trocá-la, é comum vê-lo mais escurinho porque ele reagiu ao oxigênio ;)

e quando tem algo errado com o sangue menstrual?

Quando algo não vai bem com a saúde íntima, o sangue de menstruação pode dar sinais por meio das cores, do cheiro e até mesmo da textura. Quando ele aparece com uma tonalidade mais puxada para o rosa, laranja ou cinza, é importante ficar atenta e procurar seu ginecologista.

  • Rosa: acontece quando ele se mistura com as secreções do dia a dia ou quando ocorre o sangramento de escape durante a nidação, que é o início da gravidez;
  • Laranja: pode ser sinal de infecção e talvez venha acompanhado de mau cheiro ou dor pélvica,
  • Cinza: assim como o laranja, o sangue menstrual cinza também pode ser um alerta para infecções, e vale ficar atenta aos outros sintomas, como dor e cheiro.

o sangue menstrual pode transmitir alguma doença?

O sangue menstrual nada mais é do que a descamação do endométrio, e costuma ser bem saudável quando ainda está lá no útero. Ele só começa a incorporar bactérias depois que percorre o canal vaginal, por isso também pode servir como um alerta quando tem algo de errado com a sua saúde íntima.

Entretanto, é importante ressaltar que ele tem o potencial de transmitir doenças quando uma mulher é portadora de um infecção sexualmente transmissível, como hepatite e HIV, por exemplo. Mas isso não é uma exclusividade do sangue, ta? A secreção vaginal do dia a dia também pode passar uma IST ao parceiro.

Sendo assim, é fundamental seeeempre fazer uso da camisinha durante o sexo, estando menstruada ou não, combinado? Afinal de contas, prevenção, proteção e autocuidado é tudo!

você de bem com o sangue menstrual

Amiga, não precisa ter nojinho do sangue do seu fluxo menstrual e nem morrer de vergonha de falar que desceu para você, combinado? Tabu e menstruação não combinam em nada, até porque esse sangramento é algo super normal na vida de todas nós. Ah, e nesse período você apostar nas calcinhas pantys para se sentir mais tranquilinha e segura! Conte conosco ;)


conteúdo revisado pela ginecologista:

Dra. Adriana Ramalho. CRM: 7615

Instagram: @dra.adrianaramalho

o nosso portal menstrual é totalmente focado em fins educacionais e não se destina à tomada de decisões médicas. qualquer dúvida específica sobre sua saúde, entre em contato com seu ginecologista ou médico para maiores esclarecimentos, ok?



cool. absorbing. obvious.