Um guia sobre infecção urinária | pantys

um guia sobre infecção urinária: das causas ao tratamento

Ardência ao fazer xixi e dor no pé da barriga? É, amiga, esses são alguns dos sintomas da infecção urinária, probleminha que prejudica vááárias de nós e que pode ser tratada facilmente. Vamos juntas saber mais sobre esse tema tão comum em nossas vidas? <3

o que é infecção urinária? vem que a gente te explica!

A infecção urinária, também chamada de Infecção do Trato Urinário (ITU), é uma doença infecciosa que pode se manifestar em qualquer parte do sistema urinário, ou seja, nos rins, na bexiga, na uretra e nas ureteres (um canal entre os rins e a bexiga por onde passa o xixi).

É um probleminha que não escolhe idade e nem gênero, apesar de ser mais comum em mulheres. Isso significa que você pode ter, bem como a sua irmã mais nova, sua mãe ou sua avó. Além disso, ela é dividida em três tipos: cistite, uretrite e pielonefrite. Os nomes são meios complicados, né? Mas não é difícil de entender. Vamos juntas?

cistite

A cistite, especificamente, é uma infecção bacteriana que se manifesta na bexiga ou na parte inferior do trato urinário. Ela é causada, na maior parte das vezes, por uma bactéria do sistema gastrointestinal. Além disso, a relação sexual também pode estimular esse tipo de infecção.

uretrite

Já a uretrite é uma inflamação ou infecção na uretra. Esse canal, diferentemente da uretrite, transporta a urina da bexiga para fora do corpo. Nesse caso, as bactérias do sistema gastrointestinal são os principais fatores de causa. E como a uretra fica pertinho da vagina, algumas outras complicações, como herpes ou gonorreia, também podem causar a uretrite.

pielonefrite

A pielonefrite começa na uretra ou na bexiga e se alastra até os rins. Essa é considerada um pouco mais perigosa que as outras, já que, se não for bem tratada, pode prejudicar permanentemente os rins e se espalhar pela corrente sanguínea.

e quais são os sintomas da infecção urinária?

Além da dor no pé da barriga e ardência na hora de fazer xixi, é importante destacarmos outros sintomas da infecção urinária, como a vontaden constante de urinar (mesmo que você tenha acabado de sair do banheiro). Além disso, o xixi também pode ficar escuro, vir acompanhando de sangue ou adquirir um cheiro muito forte.

mas por que isso acontece? quais são as causas?

Independentemente do tipo, a infecção urinária geralmente é causada pelas bactérias que entram no trato urinário por meio da uretra (que fica pertinho da vagina) e, em seguida, se espalha pela bexiga.

O nosso corpo é projetado para manter esse microorganismos bem longe, mas a verdade é que às vezes eles falham. Quando isso acontece, a consequência é a formação de um quadro de infecção urinária, que pode ocorrer em partes específicas ou em toda a região do trato urinário.

a infecção urinária tem tratamento?

Tem sim, amiga! O tratamento de infecção urinária pode variar de acordo com o tipo, mas geralmente é feito com medicamentos, além de algumas receitinhas caseiras que podem ajudar a aliviar os principais sintomas e te ajudar no quesito bem-estar.

Na maior parte dos casos, o médico costuma indicar uma opção de antibiótico para infecção urinária. Além disso, também é possível que ele passe algum analgésico para aliviar a dor, caso seja intensa. A duração do tratamento e a dose dos remédios podem variar de pessoa para pessoa, por isso, é fundamental procurar ajuda da sua médica, tá certo?

Ah, falando nisso, nada de tomar aquele remédio que sua amiga ou mãe já tomaram para tratar a infecção urinária, hein? Afinal de contas, é como dizemos aqui na pantys: cada corpinho é único (e com o organismo não seria diferente, né?) <3

Sendo assim, vamos fazer um combinado? Caso você apresente os sintomas, procure um clínico geral ou o seu ginecologista, certo? O diagnóstico pode ser obtido por um exame de urina, mas é possível que o médico também peça exames laboratoriais extras.

e quanto a infecção urinária é recorrente?

A ginecologista Carla Nunes explica que “a infecção urinária é considerada recorrente quando ocorre 2 vezes ou mais em um período de seis meses. Ela pode estar relacionados à queda da imunidade, alterações da flora vaginal, queda do estrogênio (diminuição do hormônio feminino) ou diabetes.”

como prevenir esses quadros recorrentes?

  • Após a relação sexual faça uma higiene com água e sabão para ficar limpinha;

  • Beba água;

  • Evite “prender a urina”. Sempre que sentir com vontade vá ao banheiro, ta? Principalmente depois das relações;

  • Evite se automedicar. Antibióticos em doses ou tempo inadequado podem causar resistência bacteriana e tornar ainda mais difícil o tratamento,

  • Caso apresente estes sintomas de maneira recorrente, procure seu médico para que ele identifique as possíveis causa da sua infecção urinária.

É importante ressaltar que existem diferentes tratamentos que podem ser usados para evitar esses casos, além de terapias alternativas com chás e probióticos. O ideal é procurar ajuda do seu ginecologista de confiança para ter o diagnóstico certinho e apostar nos melhores tratamentos.

E antes de partimos para o próximo tópico, vamos a uma das perguntas mais recorrentes sobre o assunto? “Durante tratamento de infecção urinária pode ter relação sexual?”

Bom, vamos lá… Há médicos que afirmam que o melhor é evitar para não contrair novas bactérias e colocar a eficácia do tratamento em jogo. Mas, como trata-se de uma decisão muito íntima, orientamos que o melhor é ter um bate-papo particular com o seu médico sobre essa dúvida! ;)

como evitar a infecção urinária?

A boa notícia é que há diferentes maneiras de evitar a infecção urinária. Uma das principais dicas é beber bastaaaante água (motivos pra isso é que não falta).

Também é fundamental se secar bem sempre que fizer xixi, além de urinar após as relações sexuais para esvaziar as bixiga e liberar as possíveis bactérias que podem ser adquiridas durante o contato íntimo.

Por fim, é super importante evitar o uso dos absorventes internos. E nesse ponto você sabe que as calcinhas da pantys podem ser suas melhores amigas, né?

Mas se o objetivo é pegar um sol na praia ou na piscina durante o período menstrual, então o nosso maiô retrô ou biquíni absorvente podem ser a sua melhor escolha! Basta colocá-lo, passar protetor solar e pronto: vem vitamina D! Estamos todas juntinhas nessa jornada de autoconhecimento.


conteúdo revisado pela ginecologista:

Dra. Carla Nunes. CRM: 101133-2

Instagram: @dra.carlanunes

o nosso portal menstrual é totalmente focado em fins educacionais e não se destina à tomada de decisões médicas. qualquer dúvida específica sobre sua saúde, entre em contato com seu ginecologista ou médico para maiores esclarecimentos, ok?



cool. absorbing. obvious.