Menstruação na gravidez: será que é mesmo possível? | Pantys

menstruação na gravidez: será que é mesmo possível?

Cólica, aumento dos seios, retenção de líquidos, alterações de humor… Isso te lembra TPM, certo? E você não está errada, esses realmente são alguns dos sintomas pré-menstruais. Mas sabia que eles também podem ser sinais de uma gestação? Falando nisso, será que é mesmo possível ter menstruação na gravidez?

Já vamos adiantar, amiga: não é possível ter menstruação na gravidez. Por outro lado, não é tão incomum encontrar depoimentos de mulheres que apresentaram sangramento no início da gestação.

Todos esses possíveis acontecimentos do nosso corpo podem causar uma confusão e tanto na nossa cabeça. Por isso, o nosso papo de hoje é sobre menstruação e gravidez.

Vamos entender juntinhas tudo sobre esse assunto? Então vem com a gente que vamos te explicar direitinho todas as informações e as razões pelas quais não é possível apresentar menstruação na gravidez. ;)

como a menstruação se forma no organismo?

Até aqui, você já sabe que n-ã-o é possível estar grávida e menstruar. Mas por quê? Para entender, é importante saber como o processo de menstruação é formado no nosso organismo.

Funciona assim, amiga: o ciclo menstrual trabalha mensalmente para preparar o corpo para uma gestação. Para isso, ele aumenta a espessura do endométrio, que é a camada interna do útero, e deixa ele prontinho para receber um óvulo e gerar a gravidez.

Mas e quando o óvulo não é fecundado e, consequentemente, a gravidez não acontece? Nesse caso, o corpo precisa encontrar uma maneira de liberar aquele endométrio para criar outro para o mês seguinte. E é aí que a menstruação ocorre, a partir da descamação do endométrio ;)

É por isso que não é possível menstruar estando grávida. Ou seja, se o tecido menstrual desmancha e desce durante a gestação, o óvulo vai junto, causado um aborto espontâneo.

sangramento durante a gravidez? pode acontecer

Não tem como menstruar na gravidez, mas, por outro lado, pode ocorrer um leve sangramento no início da gestão, mais precisamente durante os três primeiros meses. Entenda abaixo quais são as principais causas.

  • Aborto: seja ele uma ameaça ou um acontecimento inevitável;
  • Reação comum do útero: a própria implantação do óvulo no endométrio pode causar um leve sangramento;
  • Gravidez ectópica: quando a gestação se forma na parte externa do útero, causando sangramento volumoso que pode evoluir para hemorragia intensa,
  • Patologia no útero: pólipos, infecções ou lesões.

Além disso, é válido mencionar que podem ocorrer sangramentos que não tenham origem vaginal ou uterina. Durante a gestação, é comum ter alguns probleminhas com o funcionamento do intestino. Isso acontece porque ele sofre pressão do útero e, além disso, os hormônios da gravidez atrasam o trânsito de alimentos.

A consequência de toda essa mudança no nosso corpo se dá na dificuldade de defecar. E se isso acontece repetidas vezes, é possível ter problemas com hemorróidas ou fissuras. Por isso o leve sangramento anal é uma alta possibilidade durante uma gravidez.

A infecção urinária, também conhecida como cistite, pode ocorrer mais facilmente durante a gestação. Isso acontece porque ocorre um aumento da circulação sanguínea na região pélvica, facilitando a passagem de bactérias do ânus para a uretra, aquele canal por onde sai o xixi, sabe? E quando a infecção é persistente, é possível que ocorra um leve sangramento.

como saber: será que é menstruação ou outro tipo de sangramento?

Como você viu lá no início do texto, os sintomas menstruais e os sinais de uma gestação podem ser semelhantes. Não à toa, há mulheres que sangram no início da gravidez e pensam que o sangue se trata do fluxo menstrual.

A boa notícia é que, ao responder algumas perguntinhas, fica mais fácil saber: afinal, será que é menstruação ou gravidez?

  • 1 - Em primeira posição, a pergunta mais básica: você teve alguma relação sexual com penetração nos últimos três meses?;
  • 2 - O sangramento ocorreu na data prevista da menstruação?;
  • 3 - O sangramento tem o mesmo volume e duração habituais da menstruação?
  • 4 - Como é a característica do sangue? Igual ao da menstruação ou muda um pouco? É mais claro ou mais escuro?
  • 5 - Teve cólicas ou dor em baixo ventre fora do período menstrual?

fale com o seu médico

Amiga, anota essa dica que ela é bem séria: responder às perguntas acima não exclui a necessidade de ir ao médico, tá? Qualquer dúvida em relação a um quadro de sangramento na gravidez ou não já merece uma consulta!

E a última dica vai para as amigas gestantes: bom, agora você entendeu que não é possível ter menstruação na gravidez, mas pode rolar um sangramento durante a gestação. Sendo assim, ao notar o menor sinal de sangue ou manchinhas vermelhas na calcinha, é imprescindível procurar um médico, combinado? Se cuida e continue contando conosco na viagem rumo ao autoconhecimento <3


conteúdo revisado pela ginecologista:

Dra. Natasha Marques Talalayv, CRM MG: 63108 

instagram: @dra.natashatalalayv

o nosso portal menstrual é totalmente focado em fins educacionais e não se destina à tomada de decisões médicas. qualquer dúvida específica sobre sua saúde, entre em contato com seu ginecologista ou médico para maiores esclarecimentos, ok?



cool. absorbing. obvious.