Como diminuir dores menstruais com atividades físicas | Pantys

você sabia? exercícios físicos podem diminuir as dores menstruais

Oi, amiga! Hoje o nosso papo é sobre um assunto que afeta muuuitas de nós e, quando vem de forma intensa, pode nos impedir de fazer simples atividades do dia a dia. Estamos falando das dores menstruais. Mas já vamos dar uma boa notícia: você sabia que a prática esportiva regular pode diminuir as cólicas a longo prazo? Pois é!

Se você faz parte do time de meninas que sentem dores menstruais todo mês, então este texto pode super te ajudar. Embarque com a gente nessa jornada de autoconhecimento para buscar maneiras de diminuir a intensidade das cólicas e ter mais qualidade de vida. Vamos nessa? <3

anota aí: as atividades físicas são aliadas na luta contra a cólica

Exercício físico e menstruação podem não formar uma boa dupla logo de cara, mas a verdade é que a prática esportiva regular é capaz de te ajudar a diminuir as dores menstruais. E é claro que tem um porquê e nós vamos te explicar.

Durante e após a realização de exercícios físicos você libera uma substância sensacional, a endorfina (também chamada de opioides endógenos pelos profissionais da saúde).

Essa belezura nada mais é do que um hormônio ligado ao bem-estar que tem potencial analgésico e atua no corpo de maneira muito parecida com os medicamentos contra a dor.

Além disso, os esportes também estimulam, já nos próprios músculos, moléculas que atuam para acabar com a inflamação no organismo. Você pode estar se perguntando o que isso tem a ver. Vamos lá: é que os processos inflamatórios são capazes de deixar as dores menstruais ainda mais intensas. Assim, com essas moléculas, é possível amenizar esse problemão ;)

chega de teoria e vamos aos exercícios

Bom, agora que você já entendeu como o exercício físico interfere na menstruação (mais precisamente nas cólicas), vamos a uma listinha de atividades bem tranquilinhas que podem ser feitas sempre, inclusive durante o sangramento ;)

caminhada

A caminhada é um clássico quando o assunto é ciclo menstrual e exercício físico. Ela pode ser feita nas ruas do seu bairro ou mesmo em uma esteira elétrica na academia.

Para isso, você vai precisar de um par de tênis indicado para essa modalidade, uma roupa bem confortável e, claro, não se esqueça da sua calcinha pantys para ficar bem tranquilinha e segura.

Caso as dores menstruais estejam levinhas e você tenha o costume de praticar atividades físicas, vale até dar uma corridinha. Mas sempre respeitando os limites do seu corpo, combinado?

yoga

O yoga é uma prática milenar que envolve não só o campo físico, mas também o emocional. Dependendo do tipo que você escolher, é possível aumentar sua força, resistência e equilíbrio. Além disso, trata-se um um exercício capaz de diminuir de maneira significativa os níveis de estresse, ajudando, inclusive, a aliviar a TPM. Ou seja, só coisa boa <3

Se você nunca praticou ou é iniciante, é importante contar com a ajuda de um profissional, tá? Além disso, vale mencionar que você vai precisar de roupas confortáveis e um mat, aquele tapetinho de yoga, sabe? É super fácil de comprá-lo pela internet ;)

pilates

Tá aí outra modalidade de exercício físico que garante diveeeersos benefícios. Ao fazer pilates, você aperfeiçoa a resistência, o alongamento, o equilíbrio e a respiração. E tem mais: essa atividade também melhora a qualidade do sono e ajuda a diminuir as dores na coluna, fator que pode amenizar aquela dor na lombar antes da menstruação.

O método costuma ser muito associado a aparelhos e acessórios, como bolas e faixas, por exemplo, porém, também é possível fazê-lo no solo, usando somente o peso do próprio corpo. Ah, e assim como o yoga, se você nunca fez pilates ou está começando, procure a orientação de um profissional.

alongamento

Um dos principais benefícios do alongamento é o aumento da flexibilidade. Você pode fazê-lo pela manhã, logo ao acordar, ou depois de um treino de musculação, por exemplo. Assim, é possível evitar dores e lesões. E claro, essa modalidade é outro exemplo de exercício tranquilinho que pode ajudar a diminuir as cólicas da menstruação e a dor nas articulações.

atenção: cólicas menstruais intensas devem ser investigadas

Antes de finalizar, é fundamental ressaltar que essas dicas são válidas para quem tem cólica considerada de leve a moderada. Ou seja, é quando você sente um incômodo no pé na barriga, mas consegue manter a sua rotina de tarefas normalmente.

Entretanto, se a sua cólica é aquela insuportável, que te impede de ir ao trabalho ou à faculdade, então o melhor é ir conversar com a sua ginecologista, tá? Essas dores muito fortes podem ser sintomas de complicações médicas e merecem um diagnóstico. Se cuida e até a próxima <3


conteúdo revisado pela ginecologista:

Dra. Juliana Schneider, CRM: 37396

Instagram: @dra.julianapaulina

o nosso portal menstrual é totalmente focado em fins educacionais e não se destina à tomada de decisões médicas. qualquer dúvida específica sobre sua saúde, entre em contato com seu ginecologista ou médico para maiores esclarecimentos, ok?



cool. absorbing. obvious.